Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Nike apresenta nova versão do Alphafly para as Olimpíadas de Tóquio 2020

Menos de uma semana depois da World Athletics, entidade que rege o atletismo mundial, anunciar novas regras para os tênis de corrida utilizados pelos atletas de elite, a Nike apresentou sua principal novidade para 2020: uma nova versão do Alphafly, tênis que correu o risco de ser banido pelo novo regulamento. O Nike Air Zoom Alphafly Next% tem apenas uma placa de carbono na entressola e apresenta duas cápsulas de Zoom Air no solado para aumentar o amortecimento.

Um protótipo do Nike Alphafly foi utilizado pelo queniano Eliud Kipchoge para correr os 42,195 km da maratona em menos de duas horas no desafio Ineos 1:59. A empresa chegou a registrar patentes do modelo com três placas de carbono no solado, mas nunca confirmou quantas haviam no tênis de Kipchoge – as novas regras da World Athletics permitem o uso de apenas uma placa de carbono, assim como exigem que um tênis esteja no mercado por pelo menos quatro meses para que possa ser usado em competições por profissionais.

Leia mais

World Athletics anuncia novas regras para tênis de corrida, mas permite Vaporfly

Novo estudo aponta que Vaporfly dá ainda mais vantagem aos corredores

Nike React Infinity Run: o tênis da corrida infinita?

“A partir do momento em que entendemos que a placa de fibra de carbono e a espuma funcionam como um sistema integrado, começamos a pensar em novas formas de tornar esse sistema ainda mais eficiente. E aí, pensamos em acrescentar cápsulas de Nike Zoom Air que armazenassem e devolvessem ainda mais energia para o atleta, além de aumentar o amortecimento”, diz Carrie Dimoff, corredora de elite e integrante da Equipe em Inovação Avançada da Nike.

Segundo a marca, o Nike Air Zoom Alphafly Next% tem duas novas cápsulas de Nike Zoom Air, mais espuma ZoomX e uma placa de fibra de carbono única, além do cabedal ultraventilado – atualizações em relação ao modelo anterior, o Nike ZoomX Vaporfly Next%, que resultam em melhor amortecimento e mais economia de energia na corrida. O tênis deve chegar ao mercado nas próximas semanas, tornando-o elegível para uso nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

Além do Alphafly, a Nike anunciou o Nike Air Zoom Tempo Next%, um modelo de tênis para treinos, de velocidade, como intervalados e tempo runs, e longos. A placa deixa de ser apenas de carbono e passa a ser um composto mais macio para aumentar o conforto.

A espuma ZoomX fica acima da placa, na região intermediária e dianteira do pé. No calcanhar, a espuma Nike React. Assim como o novo Nike Air Zoom Alphafly NEXT%, o Tempo conta com cápsulas Nike Air Zoom na parte da frente do pé, o que permite um amortecimento responsivo e aumenta ainda mais a sensação de propulsão.

 

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!