Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

São Silvestre anuncia recorde de inscritos, reciclagem de copos e Daniel Chaves

A menos de uma semana de sua 95ª edição, a São Silvestre anunciou três novidades para a prova de 31 de dezembro. O evento terá recorde de participantes pelas ruas paulistas, um esquema especial de reciclagem dos copos d’água utilizados pelos atletas e a participação de Daniel Chaves, um dos principais fundistas brasileiros da atualidade.

Segundo a organização da prova, a corrida da próxima terça-feira contará com 35 mil participantes – um novo recorde no número de inscritos. Nos últimos anos,a  prova adotava o limite-técnico de 30 mil atletas largando na Avenida Paulista.

Outra novidade é a campanha de corrida consciente, por conta da parceria com o Movimento Plástico Transforma, em que os copos de água de plástico que são distribuídos passarão por coleta seletiva, com o objetivo de estimular o descarte correto de resíduos. As embalagens serão recolhidas, recicladas e transformadas em lixeiras para coleta seletiva, que serão doadas a instituições.

“Queremos aproveitar um evento tão grande como a São Silvestre para conscientizar sobre a importância do descarte correto e do poder da reciclagem. Queremos impactar não só os participantes mas também o público que acompanha a corrida, mostrando que, ao ganhar um destino certo, embalagens descartáveis podem ser transformadas em objetos que contribuam para uma sociedade mais sustentável”, destacou Simone Carvalho, uma das coordenadoras do Movimento Plástico Transforma.

Outro anúncio feito pela organização da São Silvestre impacta nas chances de o Brasil voltar a ter um atleta no lugar mais alto do pódio – o que não ocorre desde que Marílson Gomes dos Santos conquistou seu terceiro título em 2010. Depois de confirmar a inscrição da queniana Brigid Kosgei, recordista mundial da maratona, a prova assegurou a participação de Daniel Chaves.

Top 10 na Maratona de Londres deste ano e classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o atleta tentará recuperar o título para o Brasil em meio a outros atletas de renome internacional.

A prova, que acontece tradicionalmente no dia 31, se iniciará na Avenida Paulista, próximo ao número 2000, e a chegada será em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero, também na Avenida Paulista, 900. A primeira largada será às 7h25 (de Brasília) com a categoria de cadeirantes e cadeirantes com guia. Em seguida, às 7h40, será a vez da elite feminina, ficando para as 8h05 a elite masculina, o pelotão C e o pelotão geral.

Leia mais

Recordista mundial da maratona é confirmada na São Silvestre

COI revela percurso da maratona olímpica a 800 km de Tóquio

Ele cogitou o suicídio no início do ano. Hoje é o melhor maratonista brasileiro

Entrega dos kits

Entre os dias 27 e 30 de dezembro, os participantes poderão retirar os kits da prova. Eles serão distribuídos no Hall Nobre do Palácio das Convenções do Anhembi, com acesso pela entrada do Auditório Elis Regina. Do dia 27 ao dia 29/12, o horário será das 9h às 20h ; já no último dia, 30/12, será das 9h às 16h.

Para retirar os kits, os atletas deverão apresentar documentos de identificação (RG, CNH ou Passaporte), original e com foto. O candidato que preferir a retirada por terceiros deve conferir as informações detalhadas diretamente no regulamento completo da corrida.

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!