Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Conheça Dudu, o cão ultramaratonista que ama esportes

Foto: Arquivo pessoal

Dudu não é só um vira-lata fofinho. É um cachorro ultramaratonista com mais disposição do que muita gente por aí. O simpático canino acompanha seu dono, o também ultramaratonista Tarso Gonçalves Soares, de 35 anos, para várias aventuras em trilhas, sobre uma bike ou skate.

“Ele foi achado na segunda semana de janeiro de 2013, tinha por volta de 2 meses e meio. Era um cachorro normal, muito fofinho. Eu era casado e não queríamos cachorro. Mesmo assim levamos ele para casa para tentar achar um lar. Só que nos apaixonamos e ele nunca mais foi embora”, relembra Tarso. Hoje, ele e a ex-mulher dividem “a guarda” de Dudu. 

Talentoso para a corrida

Triatleta desde os 17 anos, Tarso nunca parou de treinar. “Quando o Dudu chegou, eu estava em um período de treinos mais leves e comecei a levá-lo comigo. Vi que ele aguentava correr e que seria um cachorro ultramaratonista. Comigo, ele  já participou de provas de 5 km, 10 km, 21 km e aí partimos para as ultramaratonas em trilhas”, conta Tarso. 

“Eu acho que ele é o cachorro mais feliz do mundo. Percebo que ele tem facilidade para correr longas distâncias em trilhas, mais do que fazer curtas distâncias no asfalto. Acho que a prova favorita do Dudu é de 50 km na trilha”, continua o aventureiro, que está no meio de uma caminhada de 160 km ao lado de Dudu, da Ponta do Papagaio até o Farol de Santa Marta (SC).

Tiveram só duas ocasiões em ultramaratonas em que Dudu parou antes. “Em uma, de 100 km, ele foi comigo até o km 70. Aí percebi que ele estava muito cansado e o deixei na casa de um amigo que morava pelo caminho. Em outra, de 115 km, ele fez até o km 80. Como estava com um carro de apoio, ele foi para o carro e eu terminei sozinho. É uma relação de olho no olho. Olho para ele e sei que é a hora dele parar”, conta o “pai” orgulhoso. 

Fotos do Dudu, o cachorro ultramaratonista e amante de outros esportes

Além de correr, Dudu também nada e anda de longboard. “Ele fica sentado no skate enquanto eu ando, ou com as patinhas de trás no skate enquanto seguro as patas dianteiras”, conta o triatleta.

 

Quando Tarso pega o caiaque, adivinha quem vai junto? “Além de ser um cachorro ultramaratonista, o Dudu nada bem. Já fui em uma ilha nadando com ele. Foram 600 metros para ir e outros 600 para voltar. De bike, ele vai dentro da caixinha ou de uma carretinha acoplada. Já pedalamos 1.600 km juntos”, finaliza. 

 

Leia mais

10 dicas para correr com o seu cachorro

A história de Maratón, o cachorro que correu 42km na Argentina

Cachorro é aposta de inglês para fazer 5 km abaixo de recorde mundial

 

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Clube O2 + Tênis Saucony!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!