Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

9 provas inusitadas que fogem do tradicional

Quase todo mundo conhece alguém que vive adiando a iniciativa de começar a correr ou participar do mundo das corridas. Para quem tem preguiça e usa a desculpa de que o esporte é monótono, existem corridas inusitadas e temáticas cuja maioria não exige preparo dos participantes, já que a pegada é curtir, dar boas risadas e não se preocupar com pace. Algumas são mais difíceis, como as de um circuito que tem o percurso feito apenas em escadas.

Na gringa já há muitas com propostas além da corrida: uma que simula o apocalipse zumbi e outra que o obriga a comer um monte de donuts de uma só vez são alguns exemplos que fogem do tradicional. No Brasil ainda há poucas opções, que a O2 apresenta a seguir.

 

Para pular e dar muita risada 

A prova tem 5 km com 11 obstáculos enormes e infláveis

A Crazy+ Blow Up Race é uma prova que acontece em várias cidades diferentes do Brasil, e tem 5 km e conta com 11 obstáculos enormes e infláveis. O participante precisa ser ágil para conseguir passar por eles sem cair. É claro que a graça está nos tombos sobre os infláveis e não se prender ao tempo de prova. As crianças também são bem-vindas na aventura, e todos recebem kit com sacola, número de peito e camiseta. Os concluintes levam uma medalha superestilosa para casa.

 

Corrida dos garçons

É equilibrado e rápido o bastante nos 100 metros? A Corrida dos Garçons testa essas duas habilidades. Tradicional em Santa Felicidade (PR), os participantes correm os 100 metros com uma bandeja na mão que leva um copo de chope, dois copos e uma garrafinha de água. No meio do caminho, os profissionais devem servir os clientes na mesa sem derrubar nada.

Regra importante: os garçons só podem segurar a bandeja com uma mão, enquanto a outra deve ser posicionada para trás. A prova foi realizada 15 vezes e a edição de 2017 deu R$ 5 mil em prêmios distribuídos entre quatro categorias.

Para saber mais: A prova possui uma fanpage no Facebook — Corrida dos Garçons em Santa Felicidade — que está desatualizada, com postagens do evento passado. Geralmente é realizada em agosto.

 

Corrida vertical

A Vertical World Circuit é uma corrida de subida de escadas que exige pernas fortes e agilidade. Países como França, Estados Unidos, Inglaterra e China recebem o circuito com percursos que envolvem até 2 mil degraus. No Brasil temos desafios assim, mas de menor porte. Em Santos, por exemplo, existe uma corrida vertical de 415 degraus da Escadaria Monte Serrat antes da linha de chegada. Neste ano, a prova acontece no mês de julho.

Para saber mais sobre a corrida vertical de Santos: www.verticalworldcircuit.com e www.amer.esp.br

 

Beer Run

Aos cervejeiros que bebem para correr ou correm para poder beber, a Beer Run é evento obrigatório, que alia o melhor desses dois mundos embalado com música boa. A prova de 5 km acontece em cidades como São Caetano, Taubaté e Santo André (SP). Os participantes são obrigados a beber um copo de 160 ml de chope na largada e uma caneca de 350 ml na chegada. Ao fim da prova, todos ganham um refil de chope. Melhor do que isso, só um happy hour!

Fique por dentro: www.corridabeerrun.com.br

 

The Color Run Dreams

Criada em 2011, a Color Run é um sucesso mundo afora. Com edições em mais de 35 países (inclusive no Brasil), o percurso é de 5 km e promove uma chuva de cores a cada quilômetro completado. No ano passado, por exemplo, ocorreram etapas em São Paulo e no Rio de Janeiro. O que mais chama a atenção é a variedade do kit: a edição de 2017 ofereceu bandana, faixa de cabelo, uniforme personalizado (regata e short-saia para as mulheres) e brindes de marcas parceiras. O final da prova também é uma festa à parte, com DJ e chuva de cores sobre os participantes.

Saiba mais: thecolorrun.com

 

Corridas pelo mundo

The Zombie Mud Run

Sinta-se em um verdadeiro apocalipse ao correr 5 km permeados de muitos obstáculos, trechos de lama e, claro, muitos zumbis! A prova acontece em uma casa mal-assombrada chamada Shocktoberfest, localizada na Pensilvânia, Estados Unidos. Neste ano, o evento será em outubro, e dá para correr como sobrevivente ou como zumbi.

Já pensou correr de um zumbi?

Ao se inscrever, o participante recebe três bandeirinhas para usar no dia da prova. Cada uma representa uma parte do corpo humano: cérebro, coração e vísceras. Durante o trajeto, os zumbis tentam roubar as bandeirinhas dos participantes e vence quem completar o trajeto com pelo menos uma delas. Caso contrário, você morre infectado pelo vírus zumbi (e não ganha a medalha).

Veja mais: www.thezombiemudrun.com

 

Krispy Kreme Challenge

Fãs de donuts, uni-vos! Este é um desafio para quem tem pernas e estômago para devorar 12 donuts de uma vez. É isso mesmo: a Krispy Kreme Challenge prevê 8 km com uma parada obrigatória de overdose de donuts. Se você não comer a dúzia inteira, não poderá prosseguir. Que tal? A prova é organizada por estudantes da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

Que tal comer 12 donuts de uma vez?

Todo o dinheiro arrecadado é doado ao hospital infantil do estado, o UNC Children’s Hospital. Esse singelo gesto dos estudantes é uma iniciativa para financiar equipamentos adicionais e serviços de apoio para crianças em tratamento hospitalar. Em 2017, cerca de 6 mil pessoas participaram da 13ª edição da Krispy Kreme Challenge, que aconteceu em fevereiro. Ao todo, foram doados US$ 190 mil para o hospital infantil.

Saiba mais: www.krispykremechallenge.com

 

Marathon Du Médoc

Criada há mais de 30 anos, a Maratona do Vinho, como é conhecida, rola na França e convida os participantes a correrem fantasiados.

Corredores fantasiados na Du Médoc

Ao todo, o evento recebe 8.500 pessoas por ano. A Marathon Du Médoc é famosa por seu belo percurso, cercado por vinícolas francesas onde são produzidos alguns dos melhores vinhos do mundo. São 50 pontos de abastecimento, nos quais há degustação de vinho e queijo à vontade. Como resistir a uma tentação dessas?

Veja mais aqui: www.marathondumedoc.com/en/

 

Versão brasileira

Na Serra Gaúcha, em Bento Gonçalves, Vale dos Vinhedos e Monte Belo do Sul, acontece uma versão quase idêntica à corrida francesa, também batizada de Maratona do Vinho. Uma experiência que envolve turismo, cultura, esporte e muito vinho. O percurso está inserido entre vales e vinícolas, com sucos, vinhos, pão, queijo, salame e com músicas típicas da região.

Versão brasileira na Serra Gaúcha

Assim como na França, os inscritos podem participar fantasiados, e os melhores trajes ganham premiação. A única grande diferença é o número de paradas. No percurso da Serra Gaúcha, existem apenas sete Vino Stop – nome utilizado
para caracterizar as paradas. Os cinco primeiros colocados recebem troféus e uma porcentagem do seu peso corporal em vinho. Todos os participantes ganham medalha de participação, além de uma aula sobre vinho durante a corrida.

Saiba mais: www.maratonadovinho.com.br/home

 

Leia mais

Aprender a meditar pode melhorar desempenho na corrida

Correr por uma causa: ele venceu 1.450 km para arrecadar doações

Por que a Maratona de Porto Alegre é a mais rápida do Brasil?

 

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Escolha seu Óculos HB + 6 MESES Grátis de Clube O2!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!