Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

“Maratrimônio”: o casamento que teve a corrida como tema

Foto: Arquivo pessoal

O professor universitário Leandro Herculano e a corretora de imóveis Dannielle Marin encararam, no dia 4 de fevereiro, uma das largadas mais saborosas de suas vidas. Diferentemente do clima nas provas de corrida, eles querem curtir o percurso bem devagarinho, sem prestar atenção em cronômetros. Após um namoro de quase dois anos, o casal oficializou a união em uma cerimônia realizada em Curitiba que teve a corrida como tema – uma alusão à paixão que os aproximou.

Leandro, de 45 anos, e Dannielle, de 42, decidiram romper com a maioria das tradições dos casamentos. No “maratrimônio”, nome dado ao casório, números de peito com informações da festa e mensagens aos amigos e familiares substituíram os convites formais. O clima despojado se estendeu aos trajes: os noivos foram ao altar calçando tênis de corrida.

As lembranças distribuídas ao 120 convidados eram referências aos itens que os corredores recebem assim que concluem as provas: um biscoito em forma de medalha, uma banana e uma paçoca. Antes de deixarem o local da festa, amigos e familiares depositaram peças semelhantes aos chips que marcam os tempos em uma urna.

No verso dos chips, escreveram recados carinhosos a Leandro e Dannielle. Em vez das costumeiras hashtags com o nome do casal, a busca pelas fotos que seriam postadas em redes sociais também era ligada à corrida: #maratrimônio.

 

Leia mais

Corra o presente: ele ensinou para a família o amor pela corrida

Paranaenses dão trégua à rivalidade do futebol e se juntam com a corrida

Corrida e cerveja combinam? Fomos até a Beer Mile descobrir

 

“Eu conheci a Danni na assessoria em que treino. Ela é superapaixonada por corrida e está se preparando para a primeira maratona. Desde o momento em que começamos a namorar, muitos dos programas que fizemos estavam relacionados à corrida. Nossos amigos em comum são os amigos que correm conosco. Quando resolvemos casar, vimos que não fazia muito sentido casar do jeito tradicional. Aí veio a ideia: ‘vamos fazer um maratrimônio?'”, conta Leandro.

Nos números de peito enviados aos convidados, o casal usou uma série de analogias para conectar o namoro rápido e intenso à corrida.

 

 

“A vida, lentamente, fez nossos caminhos se encontrarem. Mas foi correndo rapidamente que nos conhecemos e a paixão pela corrida se transformou em namoro” dizia um dos trechos. “Namoro que levamos como uma prova de 5 km: rápida, no limite, com o batimento cardíaco alto, forçando o ritmo na busca pelo melhor tempo, mas que, no final, deixou aquele gostinho de ‘quero mais’”.

Lua de mel esportiva

Entre as cortesias de início de relacionamento, Leandro guarda com carinho uma viagem que o casal fez para Bombinhas, no litoral catarinense. Mais do que uma oportunidade para estreitar os laços, a ida a Santa Catarina serviu para que Dannielle corresse uma prova que estava em seu calendário esportivo. Acostumado a correr ultramaratonas, o então namorado topou a viagem para agradar a parceira. “Fui para fazer uma média, tirar fotografia”, ri.

Na lua de mel, o casal do maratrimônio manteve o hábito de unir o turismo ao esporte. O destino escolhido foi a Colômbia.

“Chegamos em Cartagena e corremos em cima das muralhas [um dos pontos turísticos da cidade]. Depois, corremos em San Andres. Estava muito quente. Tivemos que correr nem que fosse para marcar no mapa”, lembra Leandro.

“Nunca estaremos 100% preparados para a corrida da vida de casados. Mas a certeza que bate no peito é que não quero correr mais sozinho. Com ela, os km serão cada vez mais leves”, finaliza o noivo.  

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Últimos dias da Black Week Clube O2!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!