Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

+ 10 dicas para melhorar a resistência

Por Felipe Bomfim

Na última sexta-feira (13), listamos 13 dicas dadas pelo Dr. Rodrigo Resende Palhares, médico do esporte formado pela UNIFESP e membro do corpo clínico do INA (Instituto do Atleta), para melhorar a resistência do corredor na hora de calçar o tênis e sair por aí.

++ LEIA MAIS
>> 13 DICAS PARA MELHORAR A RESISTÊNCIA DO CORREDOR
>> O AQUECIMENTO E SEUS BENEFÍCIOS
>> RESPIRAÇÃO NA CORRIDA: BOCA ABERTA OU FECHADA?
>> COMO COMER ANTES E DEPOIS DAS PROVAS? 

O médico havia separado cinco itens fundamentais para melhorar o desempenho dos atletas, com inúmeras dicas sobre cada um. Na primeira matéria, revelamos as recomendações sobre respiração, alimentação e aquecimento. Agora, chegou a vez de mostrarmos as orientações referentes à suplementação e exercícios adjuvantes, aqueles que complementam a corrida.

SUPLEMENTAÇÃO
Ajuda na construção das células e tecidos, pode aumentar a imunidade, além de participar da atividade dos músculos e do transporte de oxigênio por todo o organismo.

1 – BCAA
São aminoácidos de cadeia ramificada (do inglês, branched chain amino acids) que têm sido apontados como importantes aliados dos atletas para o aumento da resistência e redução da fadiga durante provas mais longas, como 21 km e 42 km. Dentre os benefícios relacionados à ingestão de BCAA, está a diminuição da formação de ácido lático no organismo, a redução da fadiga física durante o exercício e a prevenção de lesões musculares.

2 – Óxido Nítrico
Estudos demonstram que ácidos cetônicos, como os que são encontrados em suplementos precursores de óxido nítrico, podem adiar significativamente a fadiga e melhorar a resistência. Isso significa que você poderá correr por mais tempo antes de cansar os músculos.

3 – Ribose
A suplementação com ribose pode estimular a produção de ATP (núcleo responsável pelo armazenamento de energia) de forma imediata e permitir que os músculos continuem a trabalhar de forma otimizada. Basicamente, ela ajuda a aumentar as reservas de energia para atividades intensas, fazendo com que os músculos tenham a energia necessária para explosões de força na corrida, como no sprint final da prova.

4 – Energéticos
Bebidas energéticas têm a função de maximizar a absorção de fluidos e aumentar a performance por meio do fornecimento de carboidratos e eletrólitos ao organismo.

5 – Maltodextrina
Carboidrato complexo de absorção gradativa, que fornece energia durante a atividade física de longa duração e retarda a fadiga, porque libera aos poucos a glicose para o sangue.

EXERCÍCIOS ADJUVANTES
Outras atividades físicas, que servem de complemento para quem corre.

6 – Suba escadas
Assim como correr em subidas, elas ajudam a construir sua força nos membros inferiores.

7 – Exercícios aeróbicos
Pule corda uma ou duas vezes por semana ou faça um passeio de bicicleta. Esses exercícios podem ajudar a melhorar sua resistência na corrida.

8 – Musculação
Músculos abdominais e lombares fortalecidos ajudam a manter a forma em corridas longas e evitar lesões e dores indesejadas.

9 – Evite exageros
Em treinos longos mantenha sempre um ritmo máximo de 80% do que você consegue fazer nas provas.

10 – Intensifique o final
Procure elevar o ritmo nos 25% finais dos seus treinos longos para melhorar as finalizações nas provas.

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Garanta sua jaqueta do Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!