Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Corrida na rua x esteira: qual é melhor?

A corrida em esteira é uma prática que ganha cada vez mais adeptos. O aumento do trânsito, a falta de segurança e de tempo são alguns dos motivos que fazem da esteira uma boa opção nos dias de hoje. Freqüentemente nos deparamos com a seguinte questão : o que é melhor, correr na rua ou na esteira?

Não existe o melhor ou pior, e sim, diferenças que devem se adequar a cada pessoa numa determinada situação. Dependendo do objetivo do treino, das características de cada um, e de outros fatores, pode-se indicar a esteira, ao ar livre ou ambos. Para isso, é importante analisar as características e vantagens de cada um:

Ar livre

– Simula a realidade da prova, aspecto esse, imprescindível aos atletas competitivos, sejam eles amadores ou profissionais;
– Maior desenvolvimento dos músculos responsáveis pela impulsão gerada no deslocamento do corredor; fator importante àqueles que visam desempenho com a corrida de rua. Na esteira, as pernas acompanham o movimento da máquina, movendo as pernas do corredor para trás do corpo;
– Psicologicamente mais motivante, por haver uma variação da paisagem, o que normalmente torna a duração do treino mais imperceptível.

Esteira

– Facilita a avaliação da mecânica de corrida e o controle de variáveis como a velocidade e freqüência cardíaca, e a correlação entre elas. Fatores esses, muito importantes de serem analisados e compreendidos, principalmente para corredores iniciantes;
– Melhor estabilidade e amortecimento. Interessante para adaptação à corrida, pessoas com sobrepeso e retorno após lesões;
– Treino seguro, principalmente para àqueles que correm em locais escuros e/ou com muito tráfego, minimizando assim, o risco de lesões e outros acidentes;
– Não há imprevistos meteorológicos, aspecto positivo para locais com climas extremos.

Analisando cada um, observa-se que a corrida em esteira é bastante interessante para pessoas iniciantes ou sem objetivos competitivos. Já o treinamento ao ar livre, é altamente recomendável àqueles que queiram competir. De qualquer maneira, a mescla da corrida na rua com esteira pode ser muito positiva para qualquer pessoa. A análise individual do corredor é importante para determinar o percentual de treino em cada ambiente.

Rodrigo Worms Taddei, que assina esta coluna, é Diretor Técnico da Limiar Assessoria Esportiva. É graduado em Esportes e Pós-Graduado em Fisiologia do Exercício pela USP, tendo competido em várias provas de triathlon e Ironman (com três participações na competição no Havaí). Atualmente é responsável pelo treinamento de diversos atletas de provas de longa duração.

 

 

 

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Garanta sua jaqueta do Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!