Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Ergoespirometria, o teste que indica a real situação física do atleta

Foto: Divulgação/CBF

Visitar um médico e passar por uma bateria de exames é um processo que ajuda a espantar eventuais problemas cardiovasculares e respiratórios. Um dos exames mais recomendados é a ergoespirometria, que avalia o seu nível de aptidão física naquele instante e o comportamento cardíaco quando o corpo faz esforço.

Com o resultado de uma ergoespirometria, a pessoa tem acesso a dados importantes para o desempenho na corrida, como o consumo máximo de oxigênio (VO2 máx.), limiares aeróbio e anaeróbio, frequências cardíacas e gasto calórico correspondentes. Todos esses elementos ajudam a otimizar a rotina de treinamentos, uma vez que definem com precisão a zona-alvo para a obtenção de melhores resultados.

Engana-se quem pensa que a ergoespirometria serve apenas para quem planeja os primeiros passos no esporte. Se você tem planos mais ousados, como participar de uma maratona, também vale a pena recorrer a esse exame. De acordo com Darlan Duarte, da assessoria esportiva Pacefit, esse serviço ajuda a “encontrar a faixa de equilíbrio do corpo para a distância”.

Reconhecer os próprios limites dentro do esporte é difícil para muitos. Há quem possa ir mais longe e não saiba disso. E há quem atropele o próprio organismo em busca de uma meta. A ergoespirometria sugere o ponto em que a captação de oxigênio e a eliminação de gás carbônico são abalados, fazendo com que o atleta saiba qual é sua real condição.

“Numa distância como a maratona, isso pode ser a diferença entre quebrar ou não”, diz Duarte.

 

Leia mais

Como estabelecer o pace ideal em treinos e provas?

Check-up, testes e avaliações: para saúde e desempenho andarem juntos

6 coisas que o corredor iniciante não deve fazer

 

Como é feita a ergoespirometria

A ergoespirometria pode ser feita na esteira ou na bicicleta ergométrica. Caso seja feita a opção pela esteira, o atleta será testado durante oito minutos de esforço físico máximo e dois de repouso.

Enquanto a pessoa corre na esteira, uma máscara capta o ar expirado. Também há o registro eletrocardiográfico contínuo e aferições periódicas de pressão arterial durante os instantes de repouso.

Recomendações

O Hospital Albert Einstein, um dos mais conceituados do Brasil, faz uma série de recomendações aos pacientes que serão submetidos à ergoespirometria. A equipe médica do hospital não vê com bons olhos o exame para gestantes e pessoas que pesam mais de 160 kg.

Não fazer o exame em jejum, evitar o cigarro até duas horas antes da realização do teste, vestir roupas confortáveis, não utilizar cremes e nem substâncias que podem mascarar possíveis manifestações de alguma doença.

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Faça parte do Clube O2 e leve uma Mochila de Hidratação!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!