Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Como o levantamento terra mudou a carreira de velocista campeã olímpica

Foto: Divulgação

O currículo recheado de vitórias da velocista americana Allyson Felix inclui seis medalhas de ouro em Jogos Olímpicos e outros 16 pódios em Mundiais. Aos 31 anos, ela é apontada como um dos grandes nomes do atletismo americano por seu êxito em provas como os 200 metros, os 400 metros e os revezamentos 4 x 100 e 4 x 400. Mas sua carreira não teria sido a mesma se não fossem o levantamento terra e o trabalho feito em salas de musculação.

Felix descobriu o atletismo de pista aos 15 anos, quando participou sem grande pretensões de uma prova de corrida da Los Angeles Baptista High School. Menos de um ano depois, ela chegaria ao primeiro lugar nos 100 metros no World Youth Championships, um campeonato mundial para velocistas adolescentes. A ascensão meteórica foi coroada com uma medalha de prata nos 200 metros nos Jogos Olímpicos de Atenas, aos 18 anos.

Apesar de seu enorme talento, Felix foi submetida a um treinamento intenso de levantamento de peso, estratégia que lhe deu potência para os sprints nas pistas. Em sua época de caloura, a americana tinha o apelido de “pernas de frango” devido ao físico franzino. A partir do momento em que começou a trabalhar o ganho de força e a construção muscular, seus tempos melhoraram de forma assombrosa. Nos 200 metros, “enxugou” 0,72s nos 200 metros na transição de júnior para profissional.

 

Leia mais

Quatro maneiras de ganhar velocidade na corrida

É hora de mudar? Benefícios de variar o treino de corrida

Avaliação biomecânica: "arma" para te levar mais longe na corrida

 

Já em sua fase adulta, Felix, de 1,68m e atualmente com 55 kg, chegou a pegar 136 kg no levantamento terra. “[O levantamento terra] Ajuda principalmente nas largadas. Sprinters precisam ser realmente explosivos durante essa fase, e exercícios como o levantamento terra ajudam com isso”, afirmou Felix ao site Stack.com em um evento da USATF, a federação americana de atletismo, neste ano.

“Quando você faz um levantamento terra, o organismo entende que está lutando contra um adversário peso-pesado e faz uso dos músculos mais adequados para realizar o trabalho. Esses músculos irão receber a maior parte do estímulo e, assim, crescer mais e desenvolver mais força. Por esse motivo, o levantamento terra é muitas vezes visto como grande construtor de força e massa global”, afirma Marcel Ligotti, expert do Ativo.com.

Saiba como fazer o exercício

O levantamento terra deve ser feito com os pés posicionados de forma paralela e quadril, joelhos e tronco flexionados. Recomenda-se que o ombro esteja levemente à frente da barra.

Segure a barra com a pegada invertida, puxe-a em direção ao quadril e finalize o movimento com ombros, quadril e joelhos alinhados.

Consulte o seu treinador para saber qual deve ser a carga inicial.

Assista ao vídeo e aprenda!

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Ofertas com até 54% OFF

Compartilhe por email!