Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Maratonistas: o que pensam ao correr?

O que será que passa pela cabeça dos maratonistas enquanto correm por horas a fio? Um  estudo  – o primeiro já feito relacionado a este assunto – decidiu buscar a resposta para esta questão. Para isso, os pesquisadores analisaram 10 atletas amadores com idade entre 29 e 52 anos.

Cada um dos maratonistas recrutados recebeu a orientação de correr na esteira e falar os pensamentos em voz alta enquanto a equipe gravava tudo. Em um outro período, os mesmos corredores pegaram o equipamento de gravação e saíram para correr na rua, sozinhos.

Foram mais de 18 horas de áudio para analisar a mente dos maratonistas. A maioria (40%) dos pensamentos referia-se ao ritmo e distância, mostrando o quão importante é – mesmo em um contexto de não concorrência – para corredores de longa distância calcular seus níveis de energia e a quilometragem restante para cobrir.

Em segundo lugar na lista dos pensamentos dos maratonistas ficou a dor e o desconforto – 32% de todos os pensamentos incluíram preocupações sobre lesões e causas da dor e desconforto que sentiam. Por fim, 28% estavam relacionados ao ambiente de execução, a geografia, a natureza, o tempo e a admiração pelo visual e preocupação com tráfego e outros corredores.

Os pesquisadores disseram que alguns pensamentos específicos poderiam ser úteis para psicólogos do esporte terem mais respostas sobre a mente dos maratonistas em estudos futuros. Notaram, por exemplo, que quase todos os corredores analisados pensaram no começo da corrida que estavam com dificuldades, problemas ou impedimentos físicos, ambientais ou psicológicos. Para eles, seria interessante, então, investigar se os pensamentos mudam de acordo com melhor ritmo e desempenho.

Clube O2

Economize correndo com o Clube O2!

Compartilhe por email!
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]