Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

A musculação é obrigatória para quem corre?

Dificilmente você encontra um corredor que goste de fazer musculação. O ambiente já não é bem aceito porque é fechado… E depois ainda vem a música alta, os “marombeiros” e os exercícios repetitivos. Afinal, é preciso mesmo passar por essa tortura toda semana? É. A corrida é um esporte que tem muito impacto e demanda resistência, fazendo com que músculos e articulações contraiam o tempo todo. Só mesmo fortalecendo os sistemas ósseo, muscular e articular para correr de forma saudável e segura.

leia-mais-cinza
ícone-texto MUSCULAÇÃO ANTES OU DEPOIS DA CORRIDA?
ícone-texto POR QUE É INDISPENSÁVEL A MUSCULAÇÃO?

Segundo José Eduardo Coghi, educador físico da Bodytech, realizamos inúmeras vezes o mesmo movimento das articulações do pescoço, ombro, quadril, joelhos e tornozelos quando corremos. Isso gera um desgaste natural dessas articulações e uma sobrecarga, ocasionando lesões. A musculação evita que isso ocorra e impede qualquer outro tipo de deficiência maior nesses tecidos.

Mas o fortalecimento não é só para prevenir problemas maiores. Coghi ainda afirma que a musculação é importantíssima para o desempenho do atleta, já que melhora a postura, oferece condições musculares para correr em terrenos sinuosos, melhora a resistência em provas de fundo, a potência durante provas mais curtas e a velocidade em corridas mais rápidas.

Adriano Oliveira, professor da rede de academias Smart Fit Fitness, acredita que o corredor não pode deixar a musculação de lado de jeito nenhum. Segundo o professor, o esportista pode tentar buscar o apoio necessário em outros esportes complementares, mas a musculação estará sempre diretamente ligada à corrida. Coghi acrescenta que nada substituirá os benefícios adquiridos com a musculação, mas os outros esportes são sempre bem-vindos para outros fins mais específicos. A natação, por exemplo, pode ser usada como forma de relaxamento da musculatura; as aulas de bike, para melhorar a condição cardiovascular; o Pilates, para melhorar a postura.

Estratégia
Por mais que o corredor não goste de fazer musculação, o treino de fortalecimento na academia jamais deve ser feito de qualquer jeito. Segundo Coghi, o tipo de prova que o atleta corre ou pretende correr deve ser levado em consideração, por exemplo: quem corre provas curtas (5 e 10 km) ou de velocidade (em pista) deve fazer trabalho de força e potência. Já os fundistas (maratonas e ultras) que disputam distâncias mais longas devem trabalhar a resistência e a potência. O ideal é fazer musculação no mínimo uma vez por semana, sempre em dias alternados com a corrida, mas nunca deixar a academia de lado.

(Fontes: José Eduardo Coghi, educador físico da Bodytech, e Adriano Oliveira, professor da rede de academias Smart Fit Fitness)

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Economize correndo com o Clube O2!

Compartilhe por email!
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]