Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Entenda os efeitos do destreino na sua corrida

Uma pesquisa realizada na Universidade do Texas (EUA) reuniu um grupo de corredores e ciclistas altamente treinados, que percorriam por semana cerca de 80 milhas (128 km) e 250 milhas (400 km), respectivamente. No teste, eles ficaram inativos três meses para que os estudiosos pudessem avaliar os efeitos do destreino no desempenho. 

Ao longo do estudo, foram analisados a quantidade de oxigênio e o volume de sangue que o corpo produzia durante o período parado. Identificaram que o atleta tem sua maior queda de performance logo nos primeiros 21 dias, perdendo 50% da sua capacidade.

Essa queda de rendimento imediata se dá, segundo o estudo, devido à grande perda de volume de sangue. A pesquisa explica que o corpo perde cerca de 500 mililitros de sangue nos primeiros 21 dias.

 

Leia mais

3 dicas simples para acelerar na corrida sem se lesionar

10 exercícios de força com o foam roller; aprenda

3 dicas para corrida de rua: pisada, respiração e fone de ouvido

 

“Anteriormente, os pesquisadores pensavam que o destreino era causado pela danificação do coração. Na verdade, o coração tinha menos sangue para bombear para os músculos”, diz Edward Coyle, PH.D na Universidade de Texas e diretor do Laboratório de Performance Humana. Ainda segundo a pesquisa, o atleta irá levar cerca de três meses para perder toda a sua capacidade aeróbica. 

Efeitos do destreino
Os efeitos do destreino podem ser diferentes dependendo da  duração. “Temos diferentes possibilidades e ‘tipos’ de destreino, um deles é o de curto prazo (menos de 4 semanas) e o outro o de longo prazo (mais de 4 semanas)”, diz o treinador Antônio Caputo, da Assessoria Esportiva Speed Corrida.

“A interrupção leva à perda  parcial ou completa das adaptações anatômicas, fisiológicas e de desempenho induzidas pelo treinamento, que variam  dependendo do período de pausa”, completa.

“Um atleta altamente treinado tende a perder capacidade (aeróbica) num percentual maior que um indivíduo menos treinado. Nesse mesmo raciocínio, as perdas são mais acentuadas nas primeiras semanas de destreino e tendem a estabilizar com a continuidade da inatividade”, acrescenta o treinador Marcelo Alexandroni, da Marcos Paulo Reis Assessoria Esportiva.

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Escolha já seu Óculos HB!

Compartilhe por email!