Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

3 erros comuns de atletas de crossfit em exercícios de LPO

Como dominar um único método de treinamento que mescla diversas modalidades olímpicas? Em matérias para a revista americana The Box, o coach americano Bob Lefavi apontou os três principais erros de atletas de crossfit nos exercícios de levantamento de peso olímpico.

Além do LPO, o crossfit exige que o praticante tenha habilidades em práticas de atletismo e ginástica, por exemplo. Em WODs que mesclam essas modalidades, “um único erro técnico é o suficiente para tirar o brilho da sua série”, afirma Lefavi.

No Open deste ano, primeira etapa classificatória para o CrossFit Games 2017, a terceira prova era composta por um exercício ginástica (Chest to Bar) e um de levantamento de peso (Snatch). Porém, não era possível iniciar um exercício sem antes terminar a sequência determinada do anterior. Veja abaixo os três principais erros de atletas de crossfit nos exercícios de LPO.

 

Leia mais

Sapatilhas de LPO: saiba quando usar no WOD

Carga ou cardio? Por que o equilíbrio é essencial

Especialista destaca importância de aliar força e mobilidade no crossfit

 

1º erro – Queda lenta para baixo da barra

Segundo Bob Lefavi, os atletas de crossfit costumam se movimentar junto com a barra durante o levantamento de peso, mais precisamente após a segunda puxada do movimento (high hang). Enquanto um levantador olímpico já busca se posicionar embaixo da barra com velocidade, atletas de crossfit acompanham a barra na subida.

Uma das dicas dadas por Lefavi é treinar o movimento de Snatch Balance. Com a barra apoiadas nas costas na posição de Back Squat e com a pegada aberta, o atleta faz o movimento de arremesso para cima da cabeça enquanto desce num rápido agachamento.

2º erro – Extensão incompleta de quadril

Posicionar-se rapidamente e corretamente embaixo da barra depende de outra etapa do levantamento de peso olímpico, a chamada tripla extensão. Após o contato da barra com a parte superior das coxas ou o quadril, o atleta deve estender tornozelos, joelhos e quadril.

Para Lefavi, não realizar a tripla extensão o movimento não terá velocidade nem a força adequada pra ser realizado de maneira eficaz. Ainda segundo o especialista, a pressa em realizar o movimento é um dos motivos do erro se tornar comum, mas errar um Snatch numa série como do Open 17.3 pode custar ainda mais tempo.

A sugestão dada para correção é usar a o movimento do Kettlebell para arremessar uma bola para trás, descendo com o acessório entre as pernas e estendendo todo pernas, quadril e braços para soltar o objeto atrás do corpo.

3º erro – Não se posicionar corretamente

Chamada de posição atlética por Bob Lefavi, compreender a posição do corpo durante um movimento pode garantir um movimento mais vigoroso e com menos esforços desnecessários. Quadril baixo no início do movimento, tronco ereto e ombros sob a barra (e não à frente) são algumas das indicações básicas para o que o movimento tenha fluidez.

O treinador recomenda aos atletas e coaches o uso de caixas de diversas alturas, tradicionais em treinos de LPO, também para atletas de crossfit. Assim é possível treinar e acostumar com a posição correta do corpo em cada etapa do levantamento.

Bob relembra também a importância e filmar o próprio treino. “Filme sua execução do exercício e depois trabalhe para que você corrija as falhas de execução”.

Calendário

Encontre um evento perto de você!

Compartilhe por email!