Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

8 razões que te impedem de ganhar força no crossfit

Quem pratica crossfit sabe que ele é uma prática mista de diversas modalidades: ginástica, corrida, levantamento de peso, atletismo, entre outras. Trabalhar flexibilidade, potência, velocidade e força no crossfit é essencial para desenvolver um equilíbrio numa prática considerada “constantemente variada”. A revista BoxLife listou 8 razões que impedem um atleta de ganhar força em seus treinamentos.

8 razões que te impedem de ganhar força no crossfit

1 – Sua técnica está ruim

Existem diversas razões para que sua técnica não evolua e isso com certeza influencia no ganho de força no crossfit: postura ruim, posicionamento inadequado, escolha errada das cargas, treinamento errado (pode acontecer, mas esperamos que não seja seu caso). Em todos esses casos você até pode se exercitar e ganhar força no começo, mas logo perceberá que a evolução irá diminuir.

Além disso, uma técnica mal trabalhada por acarretar em lesões musculares, de articulações e até de ossos. Por isso, deixe o ego de lado, abaixe a carga e não tenha vergonha de pedir ajuda ao seu treinador, pois uma boa técnica automaticamente influenciará em suas cargas.

2 – Você treina o que gosta, não o que precisa

Todos os atletas têm seu exercício favorito de LPO e nunca vão faltar quando ele estiver no WOD. Mas existem aqueles que “pulam” o treino no dia que o exercício que não gosta aparece no workout. Se seu objetivo é ganhar força no crossfit, você não pode fugir da verdade.

Seu Split Jerk depende do seu Push Press, seu Clean depende do seu Front Squat e seu Snatch depende do seu Overhead Squat. O crossfit é uma uma prática constantemente variada, então não há porque deixar de treinar as nossas fraquezas se o objetivo é “superar os próprios limites”.

3 – Você não faz os treinos complementares (acessórios)

Existe uma infinidade de exercícios acessórios para o LPO que vão te ajudar bem mais do que só agachar ou levantar peso. Trabalhar músculos auxiliares e regiões específicas fazem parte do processo de evolução e também do aprendizado da técnica.

Essa é outra hora de você procurar o seu Coach. Ele irá identificar suas fraquezas e poderá direcionar em qual fase do seu exercício você precisar focar, indicando os melhores acessórios para você fazer num treino extra no cantinho do box.

4 – Você não se preocupa com sua recuperação

Provavelmente você já sentiu algum tipo de desconforto durante os treinos de levantamento de peso e isso pode significar algum dano nas fibras musculares, e tais danos repetidos diariamente podem se tornar uma lesão. Para que não tenha nenhuma surpresa desagradável não há segredo: você precisa de descanso.

Sono adequado, mobilidade, alongamentos, recuperação ativa (bike, remo, corrida) não podem ser deixados de lado. Se você está com a intensão de ganhar força no crossfit, precisa se lembrar que até a persistência tem um limite.

 

Leia mais

Scale ou RX: quando optar pela adaptação do workout

Grip: cinco exercícios para você fortalecer a pegada na barra

Desmentindo 5 mitos sobre a prática do crossfit

 

5 – Você não foca na sua mobilidade

Já foi citada anteriormente a importância da técnica para o ganho de força no crossfit. Quanto mais você puder mover o seu corpo durante o movimento com a barra, melhor será o seu levantamento. Logo, flexibilidade e mecânica do movimento precisam uma da outra.

Um Overhead Squat, por exemplo, requer boa mobilidade de ombros, punhos, quadris e tornozelos. Qualquer limitação em uma dessas regiões irá influenciar na quantidade de peso que você pode suportar. A principal dica é dedicar um tempo pequeno em todos os seus dias de treino para sua mobilidade.

6 – Você não dá enfase para a força

O crossfit é uma prática que envolve diversas modalidades e que envolve diversas áreas: flexibilidade, velocidade, coordenação e claro, força. Por isso, você deve saber que todas elas são importantes para que você seja um atleta equilibrado.

Afinal, não basta ser o melhor atleta do seu box nos exercícios ginásticos se seu LPO ainda está com uma técnica ruim. Ou ser o com melhor condicionamento na corrida, remo e bike se o seu agachamento ainda não é consistente. Tudo é importante no crossfit. A força também.

7 – Você tem medo de errar

Confiança é um ponto chave em diversos os esportes. É claro que só acreditar não é o suficiente para você bater o seu PR de Clean, mas o medo de levantar quando você já estiver com a barra encaixada nos ombros pode te fazer falhar com uma carga segura.

Por isso, não se importe em errar. Tenha, antes de mais nada, certeza de que aquela carga é segura e que você saberá largar a barra num erro de execução, para evitar algum tipo de acidente. Quando você identifica o problema e busca corrigi-lo, será na base dos treinos e claro, da tentativa.

8 – Você não dá atenção para sua nutrição

A alimentação é o combustível do nosso corpo. Mesmo que não seja possível o acompanhamento com um nutricionista especializado, os treinos de força no crossfit exigem que seu corpo esteja com a energia em dia. Algumas dicas são importantes: não treine com cargas muito altas em jejum.

Michele Letrende, quarta colocada no CrossFit Games de 2014, faz seis refeições por dia e duas sessões de treinamentos. Isso, claro, de acordo com os objetivos de uma atleta de alto nível com acompanhamento profissional. tenha a sua meta e deixe-a alinhada com a sua meta.

*Publicado pela revista BoxLife – Matéria de William Imbo (CFL1)

Calendário

Encontre um evento perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!