Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Cinto de crossfit: saiba as vantagens e desvantagens

Foto: Reprodução/Facebook

Um dos acessórios mais usados por atletas nos boxes e em competições, o cinto de crossfit é recomendado para movimentos de levantamento de peso e também para agachamentos. Seu uso é indicado para proteger a lombar e oferecer maior estabilidade na região do tronco.

A pressão exercida sobre o abdome pelo cinto de crossfit impede que a lombar se flexione, diminuindo o risco de lesões em exercícios de carga alta.

 

Leia mais

CrossFit Games: dicas e estratégias para o Open 17.4

Sapatilhas de LPO: saiba quando usar no WOD

Carga ou cardio? Por que o equilíbrio é essencial

 

Como usar no WOD

Como qualquer outro acessório, o cinto de crossfit tem suas vantagens e desvantagens, e seu uso incorreto pode interferir diretamente no rendimento.

Em treinos que exigem movimentos de LPO como deadlift, clean ou agachamentos com carga alta, o cinto de crossfit é totalmente recomendado. No entanto, é preciso evitar o uso em treinos de cardio, já que a pressão sobre o abdome pode atrapalhar a respiração.

O uso também não é válido durante exercícios aeróbicos como saltos de box jump e burpees, pois pode limitar os movimentos do atleta.

Como exemplo, Brenda Castro e Brooke Wells usaram o equipamento durante o Open 17.4 do CrossFit Games, mas só durante o deadlift. Nos outros movimentos, o cinto de crossfit foi dispensado.

Feitos em couro ou em tecido, os cintos mais rústicos contam com fivelas para regular a pressão sobre o abdome, mas é comum encontrar opções em velcro. O valor gira em torno de R$ 100,00.

Calendário

Encontre um evento perto de você!

Compartilhe por email!
[i]
[i]