Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

5 pequenas grandes vitórias do iniciante no crossfit

Foto: Shutterstock

Se você hoje é um atleta avançado, que participa de competições e tem excelente rendimento em seus treinos, você também teve seu período como iniciante no crossfit. E é exatamente nessa etapa que surgem as valorizadas pequenas grandes vitórias.

Conseguir realizar um movimento mais complexo ou completar aquele WOD com um bom tempo é sempre um motivo de orgulho para um iniciante no crossfit. Com o tempo, as metas vão se alterando e os objetivos são de maior grau de dificuldade, mas as primeiras conquistas são sempre importantes para o sucesso.

Por isso, o WOD News listou as cinco pequenas grandes vitórias do iniciante no crossfit:

  • Perder o medo

Alguns exercícios causam estranheza – ou medo – nos atletas iniciantes no crossfit. Ficar de cabeça para baixo no Handstand Push Up ou subir até o fim da corda no Rope Climb pode parecer loucura num primeiro momento, mas é o primeiro e essencial passo para realizar os exercícios no futuro.

  • Pull Up sem elástico (ou sem salto)

Para quem ainda não praticava outra atividade física antes de começar no crossfit, o Pull Up é um dos primeiros desafios. Alguns treinadores recomendam o uso do elástico para compreensão do movimento, enquanto outros sugerem apenas o movimento com salto (Jumping Pull Up). Seja qual for a adaptação, é sempre uma pequena grande vitória conseguir realizar um Pull Up da maneira correta.

 

Leia mais

21 padrões de movimentos e cargas para ser um competidor de crossfit

Veja 5 fotos de mulheres atletas antes e depois do crossfit

Brooke Ence: de atleta do CrossFit Games a atriz de Mulher Maravilha

 

  • Primeiro WOD RX

Essa talvez seja a maior das pequenas vitórias para um iniciante no crossfit. Acostumado a sempre adaptar, seja pela carga dos exercícios ou a variação de algum movimento, completar um WOD sem nenhuma alteração é um excelente sinal de evolução nos treinos. O mais importante também é não se dar por contente e continuar buscando novos objetivos.

  • Consistência no Double Under

Um dos exercícios que, ao menos dentro do box, separam um atleta Scale de um RX, o Double Under é um desafio sofrido. São diversos dias tentando, levando chicotadas da corda por todo o corpo e, no começo, acertando um em um milhão. O mais importante é não deixar de treinar, pois assim o objetivo de ter consistência no movimento será alcançado.

  • Descobrir seus PRs

Os movimentos de LPO são completamente técnicos e, por isso, estão presentes nas aulas fundamentais do crossfit. Ter o domínio de um movimento como Press, Clean e Snatch já é um motivo de orgulho, mas a sensação será ainda melhor quando o atleta descobrir sua carga máxima, sempre acompanhado do seu coach e sabendo quais são os seus limites, para evitar uma lesão.

Calendário

Encontre um evento perto de você!

Compartilhe por email!
[i]
[i]