Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Quatro exercícios que você deveria treinar mais no crossfit

Foto: Shutterstock

Independentemente de qual seja sua rotina ou periodização de treinos, é impossível que você realize em um curto período de tempo todos os movimentos do crossfit. O mais importante é: nunca deixe de treinar todas as valências que a modalidade exige: mobilidade, cardio, força, entre outras.

Porém, há sempre aqueles exercícios que treinamos mais. Pull Ups, Snatches, Cleans e suas variações são bons exemplos. Então veja quatro exercícios que você provavelmente treina pouco, mas que te ajuda a melhorar em diversos aspectos.

 

Leia mais

Pistol: 5 exercícios para fazer o agachamento unilateral

4 exercícios para desenvolver seu Handstand Walk

Butterfly Pull Up: 3 dicas para executar o movimento

 

1 – Sots Press
Em posição de Back Squat, faça o agachamento e pare no seu limite máximo de descida. Naquela mesma posição, deve ser realizado um Press, com a barra saindo de trás da cabeça. Além de colaborar com a flexibilidade de tornozelos, joelhos e ombros, é um excelente exercício para ganho de força nos braços e equilíbrio para outros movimentos como Overhead Squat ou Snatch.

2 – Snatch Balance
Uma das variações do Snatch, o exercício é semelhante ao Sots Press, porém a elevação da barra de trás da cabeça começa simultaneamente com o agachamento. O movimento requer e auxilia o fortalecimento da região do core e da flexibilidade dos punhos. Assim como a dica anterior, é um bom exercício neural para ganhar equilíbrio para seus Snatches e Overhead Squats.

3 – Remada com barra (Barbell Row)
O exercício não é dos mais amados pelo praticante do crossfit, já que lembra muito alguns exercícios feitos em academias de musculação. Mas o grande benefício está no ganho de força na puxada, movimento utilizado nos exercícios de levantamento de peso olímpico, além de fortalecer a região lombar e abdominal ao manter o tronco inclinado.

4 – Altura máxima de salto na caixa (Max Height Box Jump)
Agora você deve estar se perguntando o que, além da altura do salto, muda deste exercício para o tradicional Box Jump, presente em muitos WODs. A altura máxima da caixa influencia na condição cardiorrespiratória e no ganho de potência. Sua velocidade no tradicional Box Jump ou em outros movimentos que exigem um bom reflexo e tempo de reação será melhor treinando este exercício.

Calendário

Encontre um evento perto de você!

Compartilhe por email!
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]