Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Aos 111 anos, este tataravô japonês vai à academia todo dia

Foto: Reprodução Maria Alejandra Cardona / Los Angeles Times

Com 111 anos, o japonês Henry Steng é um tataravô ativo e focado em manter a boa forma. Nascido em Yokohama, uma cidade no Japão, mas morando em Los Angeles, Califórnia, desde 1975, ele vai à academia todos os dias para se exercitar.

Empresário aposentado, ele ingressou na YMCA – a ACM americana – em 1978 e desde então vem realizando diversos esportes. Aos 80 anos ele praticava yoga e aos 90 realizava exercícios de pilates e aeróbica.

Atualmente, ele pedala em uma bicicleta reclinada por meia hora, faz yoga em sua cadeira de rodas e trabalha o fortalecimento das mãos com bolas de stress. Para o jornal Daily Mail , Michelle Dodson, diretora assistente da da YMCA onde Steng se exercita, disse que o tataravô japonês faz exatos 30 minutos de bicicleta, nunca menos do que isso.

 

Leia mais

Americana alcança 296 km/h e bate recorde de velocidade na bicicleta

Fizemos um teste de VO2 máximo: para que ele serve?

Mobilidade urbana e planos para o MTB: o que pensa Gary Fisher?

 

Segundo a matéria do jornal inglês, Steng acredita que para se manter em forma o segredo é ter um bom livro e permanecer positivo para progredir. Ele afirmou também que, desde que a ginástica faça parte de uma rotina diária, qualquer pode alcançar o objetivo.

Sua filha, Linda Hsia, disse que o pai segue uma dieta simples e com pouca comida, mas que prioriza o café da manhã e vive o ditado de comer o “café da manhã como um rei, almoçar como um príncipe e jantar como um pobre”.

Para a dieta, durante a manhã Steng come dois ovos cozidos, meia grapefruit, meia banana, pão com manteiga e geleia, meia tigela de cereais ou aveia, uma xícara de café e um copo de suco de laranja. Já o almoço varia entre comida chinesa, italiana ou mexicana, e ocasionalmente um hambúrguer do McDonald’s.

Já os jantares são mais simples e alternam entre frango assado, carne moída, omeletes, carne de porco ou sopa. Ele também gosta de ir ao Starbucks depois de cada sessão de treino para tomar um latte mocha.

“Eu tenho pequenos problemas igual todo mundo, mas eu apenas penso ‘esqueça isso’”, disse Steng ao jornal L.A Times. Ele diz que o segredo é sorrir todos os dias e sempre estar positivo, além de manter uma vida social ativa e estar rodeado das pessoas que gosta.

A diretora da YMCA disse ue a positividade de Steng mudou sua própria abordagem mental e a maneira como ela vê a vida. “Ele é o meu exemplo de que, se você muito tempo, pode viver com qualidade sim”, comenta. “Quando pergunto qual é o segredo dele, a resposta é ‘sorrio’. Eu nunca o vi chateado, ele é apenas pura alegria”.

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!