Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Testamos a aula que queima até 500 cal em 30 min

Foto: Divulgação

Com base na metodologia HIIT, um treino curto, de alta intensidade e quase nada de descanso entre os exercícios – o GRIT é a nova aposta da academia Bio Ritmo para quem tem pouco tempo na agenda, mas quer resultados rápidos – emagrecimento, ganho de força, agilidade e condicionamento físico são alguns dos benefícios prometidos pelo treinamento.

Assim que foi lançado o GRIT, o Ativo foi testar a modalidade, que pode queimar até 500 cal com apenas 30 minutos de aula, além do gasto calórico pós-treino por causa do estímulo metabólico gerado pelos exercícios.

A aula é embalada com trilha sonora animada. Afinal, o treino não é moleza e são pouquíssimos segundos de repouso entre cada série.

Em uma única aula, trabalha-se com vários estímulos e equipamentos simples, como barras, anilhas e step. Você pula, faz agachamentos com saltos e deslocamentos, levantamento olímpico, flexões, prancha e outros exercícios de explosão que levam o corpo ao limite do esforço. Embora não sejam exercícios inovadores — é bem provável que você já tenha feito muitos deles em algum treino na academia – o diferencial está na combinação entre eles (trabalha-se todos os músculos do corpo), a intensidade e o intervalo de descanso.

 

Benefícios do GRIT para corredores

Quem corre pode tirar muito proveito da aula devido aos movimentos de deslocamento, agilidade e força. Aliado ao seu treinamento regular, a aula é capaz de melhorar velocidade, resistência a distâncias maiores e explosão em quilometragens curtas.

“Os resultados com essa aula são alcançados rapidamente. O aluno que praticar os treinos pelo menos duas vezes por semana poderá perceber ainda uma melhora da postura e da capacidade de realizar os movimentos do dia a dia”, afirma Letícia Klimas, professora da Bio Ritmo e uma das ministrantes da aula de GRIT.

 

Leia mais

10 exercícios de pilates para fazer em qualquer lugar

3 exercícios para o abdômen tanquinho e muito mais

13 alimentos que ajudam a recuperação muscular e a performance na corrida

 

Impressões da redação

Aula empolgante e desafiadora de verdade. Treino há bastante tempo e fazer uma única aula já me causou novas dores musculares que eu não sentia há bastante tempo. O que é ótimo, pois realmente trabalha os músculos de uma forma diferente do meu treino. Passei a fazê-la com regularidade (1 a 2 vezes por semana) e notei uma queda no índice de gordura corporal e mais facilidade em executar alguns movimentos que não gostava de fazer. Burpees, por exemplo, sempre foram muito chatos porque me cansava rápido. Agora consigo fazer mais repetições sem perder o fôlego e depois realizar outros movimentos sem ficar muito fadigada.

Na corrida, senti que deu um upgrade no esquema de treino que sigo. As pernas estão conseguindo aguentar melhor o aumento da velocidade e as dores do pós-treino diminuíram.

Para quem deseja experimentar a aula precisa consultar o site, escolher a unidade que possui o GRIT e agendar um freepass neste link.

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!