Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Braçadas de superação

Com 64 anos, Diana Nyad conseguiu um feito difícil até para um jovem com metade de sua idade. Ela atravessou a nado o trajeto entre Cuba e Key West, na Flórida (Estados Unidos), em 52 horas, sem jaula de proteção contra tubarões.

Foram 166 quilômetros de nado, enfrentando tempestades, tubarões, ondas traiçoeiras da corrente do Golfo, localizada de oeste a leste entre Cuba e Flórida, e as venenosas águas vivas, causadoras de uma queimadura que impediu Nyad de tentar a travessia no ano passado.

Mesmo após quatro tentativas sem sucesso, hoje (segunda-feira, 2 de setembro), a nadadora tornou-se recordista  mundial de nado mais longo sem assistência, ou seja, sem jaula de proteção anti-tubarão, roupas especiais ou nadadeiras.

Calendário

Encontre um evento de natação perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!