Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Desafio de natação na velocidade máxima

No dia 29 de setembro, a piscina do Mourisco, sede de esporte aquáticos do Botafogo, no Rio de Janeiro, será palco do desafio entre quatro forças da natação mundial. Juntas, elas somam 750 medalhas olímpicas e possuem os nadadores mais rápidos do mundo. O desafio Piraque Raia Rápida será de tiro curto. Nele, acontecem 13 provas disputadas em um intervalo de uma hora, com início marcado para às 9h. Nomes de peso como o brasileiro Nicholas Santos, líder do ranking mundial nos 50m borboleta, Florent Manadou (França), atual campeão olímpico dos 50m livre e mundial no revezamento 4×100 m livre, estarão presentes no desafio.

Serão quatro atletas de cada país, competindo em provas individuais e de revezamento. Eles sempre nadarão na sua especialidade (borboleta, costas, peito e livre), em provas eliminatórias, na distância de 50m. Os últimos colocados de cada prova serão desclassificados, até que restem apenas dois nadadores na final de cada estilo. A equipe que vencer a primeira fase em cada modalidade soma 4 pontos, a segunda , 3 pontos e a terceira 2 pontos. A última fica com 1 ponto.

Na segunda fase, os atletas voltam para piscina para a prova de revezamento Medley. A equipe ganhadora soma 8 pontos, a segunda colocada 6 e a terceira 4. A última equipe soma 2 pontos. O campeão da competição será o time que ficar com a maior pontuação nas duas fases. No ano passado, os Estado Unidos levaram o título.

Giacomo Perez-Dortona (França) e Christian Sprenger (Austrália) são os adversários a serem batidos no estilo peito. O primeiro ficou com o ouro nos 100m peito no Mundial de 2013 e a prata nos 100m peito na Olimpíada de Londres-2012. O segundo, na mesma edição do Mundial, ficou com a medalha dourada no 4×100 Medley. Já no nado costas, o Brasil está bem representado por Daniel Orzechowski, líder do ranking Mundial da modalidade em 2012, que terá como principais adversários Adam Mania (EUA) e Daniel Arnamnart (Austrália), que possuem diversos títulos nacionais.

Ainda não ficou definido quem será o representante do Brasil na modalidade mais rápida, os 50m livre. Nesse estilo, o norte-americano Josh Schneider, recordista americano dos 50m livre em piscina curta, Matt Abood, que levou o título Mundial do 4×100 livre em 2011, e o atual campeão olímpico no revezamento 4×100 livre, Fabien Gilot (França).

Calendário

Encontre um evento de natação perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!