Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Dicas de natação: não brigue com o wetsuit

A natação com roupa de borracha tem suas vantagens. Além de excelente isolante térmico, o neoprene aumenta a flutuabilidade do atleta, o que minimiza a necessidade de bater pernas — reduzindo a frequência cardíaca e o desgaste físico — e ao mesmo tempo aumenta a velocidade na água. No entanto, despir esse acessório é uma tarefa ardilosa, especialmente quando saímos atordoados de uma natação muito longa ou rápida. No Ironman Brasil, em particular, a organização disponibiliza voluntários para ajudar os atletas a tirarem rapidamente a roupa de borracha. Mas como na grande maioria das competições o atleta tem de se virar sozinho, separamos algumas dicas para facilitar esse “strip”.

Hora de Vestir

Vestir o wetsuit corretamente faz toda a diferença para o conforto durante a natação e para uma retirada rápida. Para isso, alguns pontos são importantes:

– Ao redor do pescoço (e abaixo das axilas, no caso de roupas sem manga), aplique vaselina ou outro lubrificante que não saia na água para evitar assaduras provocadas pela fricção da pele contra a roupa, que aumenta em função da presença do sal.

– Para vestir e retirar facilmente a roupa, uma boa dica é espalhar condicionador de cabelo em pernas e braços — quanto mais oleoso, melhor! Utilize um saco plástico para cobrir as mãos ao espalhar o produto, pois isso diminui consideravelmente a sujeira na parte externa da roupa.

– Ao terminar de vestir-se, puxe bem as pernas para cima, até que o cavalo fique justo ao corpo. Faça o mesmo com as mangas, puxando-as até que a roupa fique justa sob as axilas e com uma pequena folga nos ombros.

– Se precisar de ajuda para fechar a roupa de borracha, certifique-se de que o velcro da gola foi fechado adequadamente e que você sabe exatamente onde está a ponta da tira que lhe permitirá abrir o zíper das costas.

Hora de tirar

Realize treinos de natação com a roupa de borracha e pratique retirá-la rapidamente, visualizando e automatizando esta sequência:

Ao se levantar da água, suba os óculos de natação até a testa, mas não os retire. Já correndo a caminho da praia ou área de transição, abra o velcro da gola, puxe a tira que abre o zíper da roupa e retire a parte de cima, dobrando-a na altura do quadril. Se a roupa tiver adereços internos, como cinto de velcro, abra-o. Tire a touca e os óculos e continue correndo com ambos na mão. Lembre-se: eles não podem ser descartados e/ou deixados fora da área de transição.

Se houver staff para a retirada de roupas, deite-se perto de um deles com as pernas elevadas e deixe que ele puxe a roupa pelas mangas. Caso não haja staff, ao chegar à tenda de troca ou ao lado de sua bicicleta, livre-se da touca e dos óculos e, com um movimento brusco, baixe a roupa até a altura das canelas (o condicionador previamente aplicado facilita imensamente essa tarefa!).

Libere uma das pernas e pise sobre a roupa de borracha, facilitando a liberação da segunda perna. Se a roupa for muito justa perto dos tornozelos, pode ser mais fácil realizar essa etapa sentado. Guarde a roupa na sacola ou espaço específico para este fim e bom pedal!

(Matéria publicada na revista VO2 Bike, edição 103, maio de 2014)

Calendário

Encontre um evento de natação perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!