Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Dicas para dividir a raia sem atrapalhar outros nadadores

Cair na piscina para nadar é fácil, mas você sabe as principais regras de etiqueta para dividir a raia com um companheiro? Junto com o professor de educação física Danilo Zoppi, separamos algumas dicas para você não fazer feio nem arrumar confusão na piscina. Confira:

Regra principal
Todas as piscinas precisam ter uma regra para um bom entendimento entre os nadadores. Você é mais rápido? Vai para a raia dos “Phelps”. Você é mais lento? Vai para a raia dos mais “tranquilões”. Não tenha vergonha de observar o seu ritmo.

“Pergunte ao professor responsável e ele certamente te colocará na raia certa. Em competições de natação oficiais, a única regra que sempre deve ser respeitada é que, em momentos de aquecimento, as raias da ponta (geralmente 1 e 8) são reservadas para tiros e mergulhos, ou seja, estímulos rápidos. Assim, muitos professores levam isso em consideração quando separam as raias também no treinamento”, diz Zoppi.

“Rodar na raia”
Esse é o termo utilizado quando existe a possibilidade de dividir a raia com outros nadadores. “Essa regra é muito parecida com a dos carros nas ruas. Por exemplo, se todos andarem por onde querem, as chances de acidentes são maiores, mas se todos andarem sempre pela direita, enfileirados, fazendo rodízio, provavelmente nunca teremos acidente. Então, nade pelo nado direto da raia e volte pela esquerda”, orienta o professor.

 

Leia mais

5 dicas para melhor performance na natação

Como ter melhor desempenho na natação

Que tipo de nadador você é?

 

Não saia grudado no outro nadador
Espere seu companheiro chegar pelo menos até a metade da piscina antes de partir. Ninguém gosta de nadar e ser atropelado ao mesmo tempo. “Dê seu impulso depois de ter certeza que não vai encostar no outro nadador, fique esperto e mantenha a calma”, fala o professor.

Ultrapassagem
É comum, mesmo depois de dividir a raia e separar as velocidades, que uma pessoa queira te passar ou vice-versa. É natural que, em determinado momento do treino, um nadador se canse mais que outro com melhor condicionamento.

“Como não existe seta para indicar a ultrapassagem, é legal dar um leve toque com sua mão nos pés do nadador à frente e, logo em seguida, ultrapassar pela esquerda. Assim, ele vai diminuir um pouquinho mais o seu ritmo e encostar um pouco mais na raia para você ultrapassar tranquilamente”, conta.

Descanso
Mesmo com mais pessoas na raia, é necessário que você pare, descanse e se hidrate na borda. O mais importante não é o tempo que você ficará parado, mas, sim, onde ficará. “Procure ficar bem colado na raia quando estiver na borda, deixe o centro da parede livre para que os outros atletas que continuam nadando possam fazer as suas viradas”, finaliza Zoppi.

Fonte: Danilo Zoppi, formado em Educação Física, personal trainer e técnico da assessoria Zoppi Sports

Calendário

Encontre um evento de natação perto de você!

Compartilhe por email!