Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Técnicas de natação: a braçada perfeita

A técnica de braçada é o principal fundamento da natação para o triatleta. É o movimento responsável pelo deslocamento do atleta na água, já que as pernas são utilizadas mais para dar equilíbrio e auxiliar na flutuação — visto que é necessário poupar os membros inferiores para não prejudicar o desempenho no ciclismo e na corrida. Portanto, para se dar bem na natação, é preciso apurar bem essa técnica. Para isso, consultamos o técnico do Bardi Swimming Team, Rodrigo Bardi, que explica cada fase do movimento para deixar sua braçada afiada.

Apoio e deslize

É o início da braçada. Logo após adentrar com a mão na água, devemos deslizá-la para a frente em linha reta, seguindo a direção dos ombros. A mão não deve ficar na superfície, mas sim uns 10 cm abaixo da água. Dessa forma o atleta terá melhor apoio e evitará trazer “ar” durante a puxada.

Image and video hosting by TinyPic

Tração

A braçada em águas abertas deve basicamente utilizar a flexão do cotovelo para auxiliar na alavanca de tração, porém em um ponto mais baixo do que o utilizado na piscina (entre 1 cm e 3 cm). Procure fazer um “S” com o seu braço, exercendo mais pressão na água. Essa técnica pode variar dependendo da distância.

Image and video hosting by TinyPic

Finalização

Após realizar a tração, no momento de concluir a remada, a recomendação é não colocar força no movimento e encurtar a finalização, iniciando um novo ciclo de braçadas. Isso ajuda a manter maior frequência de braçadas sem alto gasto energético — dica para quem quer aumentar a velocidade na água sem empregar grande esforço.

Image and video hosting by TinyPic

Recuperação

No momento de recuperação da braçada, quando os braços estão fora da água, deve-se focar na ação dos deltoides — a musculatura dos ombros. Procure não tencionar as mãos e os antebraços, evitando contrair muito os músculos, o que faz gastar energia demais. Durante essa fase, procure fazer a recuperação com os braços levemente abertos para as laterais —    para aumentar um pouco seu raio e “demarcar” território —,evitando o contato corporal com outros competidores. Flexione ligeiramente os cotovelos para diminuir a tensão muscular dos braços nesse movimento.

Image and video hosting by TinyPic

 

Calendário

Encontre um evento de natação perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!