Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Comeu demais? Veja 6 alimentos para ajudar seu detox

Foto: Shutterstock

Sabe aquela sensação de ressaca sem ter bebido nada, no dia seguinte a um dia regado a refrigerantes, chocolates, e pizzas? Alimentos detox podem ajudar a minimizar a ação desse excesso de açúcar no corpo; quando exageramos na comida, “agredimos” órgãos importantes para digestão e absorção de nutrientes como fígado, pâncreas, vesícula biliar, estômago e intestino. Um dia de excessos, o tal “pé na jaca”, pode causar até sintomas como náuseas, vômitos, má digestão, azia, dor de cabeça e diarreia. É como uma ressaca – só que de comida.  

Açúcar branco e carboidratos demais

Aquela depressão no seguinte a um dia de excessos é explicada facilmente: comer demais alimentos ricos em açúcar e carboidratos pode mexer com os neurotransmissores que ajudam a manter o nosso humor estável, já que eles estimulam a liberação da serotonina, neurotransmissor que é responsável pelo nosso bem-estar. Além disso, o excesso de açúcar branco é considerado um destruidor da flora intestinal boa e diminui a barreira protetora intestinal e a capacidade de gestão de quebra das moléculas dos alimentos, de absorver os nutrientes e diminui também os mecanismos de imunidade do corpo.

Ah, vale dizer que as “coisas” doces – também conhecidas pelos nomes de glicose, frutose, mel e xarope de milho – são encontradas em quase 75% dos alimentos embalados nos supermercados.

Alimentos detox – o que são?

A crença de quem busca por alimentos detox no dia seguinte é a de que por serem ricos em nutrientes, vitaminas e sais minerais essenciais, eles podem ajudar as células a trabalharem na melhor potência. Sucos verdes são o exemplo mais conhecido de alimentos detox, pois reúnem ingredientes naturais que colaboram para essa “limpeza” do organismo.

Gorduras boas e alívio da “ressaca”

Uma pesquisa da UCLA descobriu que alimentos ricos em DHA, um tipo de ácido graxo da família ômega-3, também podem ser considerados alimentos detox por ajudar a reverter os danos que o excesso de açúcar traz ao cérebro, ao melhorar a circulação cerebral, diminuir o cansaço mental, também melhoram a atividade cerebral e a comunicação entre as células do cérebro. O ácido graxo também conta com efeito vasodilatador e por isso ocorre o aumento do aporte de oxigênio e nutrientes. 

Mas, lembre-se: o organismo tem suas próprias armas para eliminar as toxinas e uma alimentação saudável e balanceada apenas colabora para que o seu corpo funcione no seu melhor. Comidas leves no dia seguinte colaboram para apressar o processo de cura, assim como caprichar na hidratação, que irá auxiliar o organismo no seu “autodetox”. Não existem fórmulas mágicas. Os alimentos detox apenas dão aquela mãozinha para que o organismo faça a sua recuperação natural.

Veja 6 alimentos para consumir e ajudar o seu organismo a reparar o estrago de um dia de “pisada de jaca”:

Salmão, sardinha ou cavala: são peixes ricos em DHA, que ajuda a proteger o cérebro contra danos inflamatórios, melhora a aprendizagem e a memória, e repara o tecido cerebral, além de ser fonte de selênio e vitamina D.

Chia e linhaça: têm uma boa quantidade de ômega-3 em apenas 2 colheres de sopa, além de serem ricos em fibras, que ajudam a alimentar as bactérias do intestino e a desintoxicar o organismo dos exageros cometidos. Apesar de não serem tão ricos em DHA, fornecem cálcio, proteínas e lignanas, um poderoso antioxidante. 

 

Leia mais

"Remédio no prato": receitas com superfoods

Gel de carboidrato só de ervas faz sucesso na corrida

Quatro receitas de sucos superpoderosos

 

Suco de aloe vera: a aloe vera é uma potência nutricional, repleta de vitaminas, minerais e aminoácidos. Uma revisão publicada no British Journal of General Practice observou que o consumo do suco de aloe vera pode diminuir a inflamação intestinal e ajudar a reparar o dano no intestino. Também pode aumentar as bactérias saudáveis que ajudam na digestão.

Caldos: pode ser um caldo de peixe. As sopas feitas com um caldo abundante são muito fáceis de digerir, e perfeitas para reabastecer minerais e nutrientes perdidos e reparar o intestino. O caldo permite que o corpo absorva cálcio, magnésio, fósforo e minerais de forma mais rápida. Ele também fornece glucosamina, glicina, glutamina e prolina, que melhoram o sistema imunológico, inibem a inflamação, reparam o revestimento dos intestinos e regulam o açúcar no sangue.

Bebidas ou vegetais fermentados: se você exagerou no açúcar, seja de doces, refrigerantes ou álcool, experimente um probiótico. 1 colher de sopa de vinagre de cidra de maçã em um copo de água ou uma garrafa de kombucha crua são perfeitas. Bebidas fermentadas ajudam a aumentar o ácido clorídrico e ajudar na digestão, além de melhorar a absorção e quebra de todo o açúcar que você comeu. Os vegetais fermentados, como kimchi (acelga ou couve) ou pepinos, reabastecem os nutrientes, fornecem uma dose completa de vitamina C, todas as vitaminas B e aminoácidos, especialmente a lisina e a metionina.

Algas: as algas marinhas têm várias vitaminas do complexo B, e são a única fonte não vegetal de vitamina B12. Rica em ferro, cálcio, potássio, niacina, fósforo e magnésio, também contém cada um dos 56 minerais que o corpo humano precisa, juntamente com as vitaminas A, K, C e E. Quanto mais escura a alga for, melhor a concentração dos minerais.

Clube O2

Ofertas com até 54% OFF

Compartilhe por email!