Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

7 ervas e temperos que fazem bem à saúde

Muitos subestimam o poder das ervas e temperos, alimentos que possuem efeitos terapêuticos e medicinais que contribuem com inúmeros processos no organismo, como desinflamação, relaxamento, digestão, alivio de tensões e dores. Além de acrescentar sabores e aromas diferenciados a diversos pratos, essas especiarias não acrescentam calorias ou interferem na dieta.

As ervas e temperos têm finalidades específicas. Cada uma serve para um determinado momento do dia. Tudo depende da necessidade de cada pessoa. E se você pratica atividade física, deve pensar em especiarias que tenham forte relação com performance, alivio de tensões e fortalecimento do sistema imunológico. Algumas delas são:

Erva mate (Ilex Paraguariensis): possui uma pequena quantidade de cafeína, um poderoso estimulante, mas seu principal composto é o ácido clorogênico, que é anti-inflamatório e bactericida. Essa erva auxilia também na melhora do sistema imunológico, além de tonificar o coração e sistema nervoso.

Orégano: essa especiaria ajuda na digestão e facilita o processamento dos alimentos, amenizando gases e queimações após refeições pesadas. O orégano também tem propriedades anti-espamódicas, que ajudam na contração muscular ocorrida frequentemente durante a atividade física. O tempero também fortalece o sistema imunológico, alivia tensões musculares e previne infecções.

Açafrão: é uma planta rica em antioxidantes e possui poder anti-inflamatório, que atua diretamente em lesões e ajuda no tratamento de algumas patologias, como a artrite. O açafrão ainda previne o envelhecimento e o desgaste celular por conta da grande quantidade de antioxidantes, que combatem os radicais livres e aceleram o processo de recuperação das células.

Centella Asiatica: tem propriedades diuréticas, anti-inflamatórias, cicatrizantes e vasodilatadoras, capazes de garantir um maior aporte de nutrientes para o organismo. É muito utilizada por praticantes de atividades físicas aeróbias de longa distância, por prevenir câimbras e aumentar a produção de colágeno.

Ashwagandha (ginseng indiano): tonifica o fígado, melhora o sistema cognitivo e a função cerebral, além de atuar no controle do cortisol, hormônio que se eleva durante os exercícios e, em excesso, pode levar ao aumento de peso e depleção de massa magra. A raiz é rica fonte de energia e auxilia no combate ao estresse e a insônia.

Mucuna pruriens: é fonte de L-dopa, um neurotransmissor utilizado no tratamento do mal de Parkinson. Estimula também a produção de testosterona e do hormônio do crescimento, além de ser fonte de dopamina, responsável pela sensação de bem-estar e prazer.

Tribulus terrestris: aumenta a produção de hormônios, como testosterona, LH (hormônio luteinizante) e FSH (Hormônio Folículo Estimulante). A erva aumenta a força e a recuperação muscular, além de aliviar a sensação de fadiga. Ela é muito utilizada como agente analógico por praticantes de musculação.

(Fonte: Maria Vitoria Curban Falcão, nutricionista – São Paulo)

Clube O2

Garanta sua jaqueta do Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!