Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Amaranto: fonte de proteína vegetal

Com a onda dos alimentos saudáveis em alta, alguns cereais, como a quinoa e o amaranto ganharam destaque recentemente, alcançando status de superalimento, pelo alto teor de proteína e outros nutrientes complementares que promovem mais saúde e qualidade de vida para quem os consome.

Muito parecido com a quinoa, o amaranto não é tão conhecido, mas esse cereal, além de nutritivo, é altamente versátil em diversas receitas e uma opção para vegetarianos substituírem a proteína de origem animal. De acordo com estudos de órgãos como  Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO)  e  World Health Organization (WHO,  o cálcio do amaranto é tão biodisponível (melhor absorvido pelo corpo) quanto o do leite. E as proteínas são de alto valor biológico, ou seja, aquelas com todos os aminoácidos essenciais que o corpo não produz. Possui alto teor de fibras solúveis, é rico em minerais (fósforo, cálcio, potássio, magnésio, sódio, ferro, zinco, selênio, manganês, alumínio) e tem papel importante na redução do colesterol.

Para quem pratica esportes, como a corrida de rua, o amaranto tem propriedades que protegem o sistema imunológico, ação anti-inflamatória que ajuda na recuperação dos músculos após a prática das atividades físicas e ainda combate a hipertensão arterial.

 

Leia mais

Maca peruana: benefícios e modo de consumir

Comeu demais? Veja 6 alimentos para ajudar seu detox

Gel de carboidrato só de ervas faz sucesso na corrida

 

A  National Academy of Sciences  considera o amaranto uma das culturas mais promissoras e recomendadas para estudos devido à sua vantajosa composição nutricional, capaz de melhorar a nutrição e qualidade de vida da população. Desde então, houve um significativo aumento na atividade de pesquisa. Segundo alguns estudos, o amaranto tem nutrientes que previnem doenças e excesso de peso, considerado um alimento funcional. Por não conter glúten, a farinha de amaranto é uma ótima opção para os celíacos.

Formas de consumo

Pode-se substituir a farinha em várias receitas. O grão do amaranto é muito saboroso e é fácil de cozinhar. É comumente cozido no vapor, ou adicionado a sopas. Cozido, ele tem uma textura um pouco gelatinosa, sabor suave, por isso pode ser usado em várias misturas sem comprometer o sabor das preparações. Também pode ser consumido em forma de farinha, farelo, flocos ou grãos cozidos.

Dá para enriquecer suas receitas de smoothies, bolos, pães, biscoitos, em sopas, saladas, molhos e até no prato principal, cozido com legumes e molho. Uma curiosidade: se colocado na panela com óleo, ele estoura igual ao milho de pipoca (mas é pequeno e só dá para usá-lo polvilhado em outros alimentos). Não exagere, apesar do amaranto ser um bom aliado da perda de peso, é importante combiná-lo com outros alimentos para potencializar os resultados e ter uma alimentação balanceada.

Receita de vitamina de frutas com amaranto

Ingredientes

  • Suco de 1 laranja
  • 1 maçã orgânica batida com casca e tudo
  • 1 mamão papaia maduro
  • 1 banana congelada
  • 1 pitada de canela
  • 1 colher (sopa) de farinha de amaranto

Modo de Preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador e tome em seguida.

(Fontes: RG Nutri, Dr. Jaime Amaya Farfan, professor do dep. de alimentos e nutrição da UNICAMP e  National Academy of Sciences)

Clube O2

Novidade do Clube O2!

Compartilhe por email!
[i]
[i]