Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Maçã, uma boa aliada do corredor

O ditado “quem come uma maçã ao dia mantem-se afastado do médico” não surgiu por acaso na nutrição. E quando o assunto é ter bom rendimento na corrida de rua a máxima é ainda mais eficaz. Rica em antioxidantes, que protegem os pulmões e auxiliam na melhora da capacidade respiratória, a fruta ajuda a prevenir o envelhecimento precoce e, por ser fonte de pectina (fibra presente principalmente em sua casca), ainda auxilia na saciedade, na regulação do funcionamento do intestino, no controle de colesterol e na melhora da digestão. E tem mais! De baixo índice glicêmico, a maçã fornece energia aos poucos para o organismo, o que evita picos de insulina no sangue e queda de glicemia brusca (rebote), auxiliando no emagrecimento e na boa alimentação.

O ideal é que você inclua a maçã em lanches feitos nos intervalos do dia. Uma boa opção é aliar o seu consumo com oleaginosas (como castanhas, amêndoas, avelã e macadamia) e/ou a algum alimento fonte de proteína (como ovos, frango e tofu) para aumentar o aporte de nutrientes de sua refeição. É boa pedida antes dos exercícios mais leves, por ter carboidratos de baixo índice glicêmico e por ser de fácil digestão. Mas se você tem programado um treino mais intenso ou prova, pode necessitar de um maior aporte de nutrientes. Aí, o ideal é aliar o seu consumo a outras fontes de carboidratos, como batata, batata doce, inhame ou banana.

Na salada? Sim!
Outra boa pedida para a vermelhinha é incluí-la em saladas, mesclando folhas, tomate, cenoura e azeite com a maçã, uma boa refeição para ser feita antes de treinos leves. Nesta receita, aliás, a maçã verde, rica em clorofila (nutriente que ajuda na oxigenação celular e tem poder antioxidante e anti-inflamatório) também cai muito bem. Esta combinação da fruta com verduras é extremamente positiva para melhora do sistema imunológico (por conta dos micronutrientes presentes nos vegetais) e ainda evita aquela sensação de estômago cheio, que atrapalha a sua corrida.

(Fonte: Dr. Mariana Ferri D’Avila, nutricionista de São José dos Campos – São Paulo)

 

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!