Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Tapioca boa (e saudável!): modos de consumir

Assim como outros derivados da mandioca, a tapioca apresenta alta concentração de amido, não contém glúten e possui baixo teor de proteínas e gorduras, sendo uma alternativa para os corredores. O prato pode ser uma excelente opção para substituir o pão francês, por exemplo, e ainda saciar a fome pré ou pós-treino.

Por ser de fácil digestão, fornece energias mais rapidamente para o corpo. E, por isso, também ideal durante a prática do exercício físico. Quando combinada a recheios lights, a tapioca é pouco calórica e saudável.

Quando e como consumir

Além de não conter glúten nem gorduras, a tapioca tem pouco sódio e é rica em vitaminas como B1, B6, B9, cálcio e ferro. Para integrá-la a sua dieta, o ideal é consumi-la:

  • No pré-treino: nesse momento, o corredor pode consumir a tapioca doce para ter mais energia. Para ficar nutritiva e garantir melhor rendimento, a sugestão é utilizar duas bananas amassadas com um pouco de mel, uma colher de chá de farinha de aveia e pitadas de canelas no recheio.
  • Pós-treino: as sugestões para o pós-treino podem ser as tapiocas com recheio de queijo branco, peito de peru, tomates e orégano, ou com recheio de queijo de búfala, folhas de manjericão e presunto de peru picado.
Leia mais

Pré-treino: alimentos para consumir (e evitar)

5 dicas para um lanche pré-treino perfeito

Alimentação pós-treino: dicas do que comer

Dica de preparo da tapioca

Ingredientes:

  • Tapioca Hidratada (duas colheres de sopa, peneiradas)
  • Banana (uma unidade)
  • Aveia (uma colher de sobremesa)
  • Pasta de amendoim integral (uma colher de sobremesa ou duas colheres, para os veganos)
  • Queijo branco (uma fatia média)
  • Canela (uma colher de chá)
  • Açúcar, mel, agave ou adoçante (uma colher de chá ou um sachê)

Modo de preparo:

Em uma tigela, coloque a banana no micro-ondas por até um minuto e faça uma “massa” acrescentando a aveia, a pasta de amendoim, canela, açúcar (mel, agave, ou adoçante) e reserve. Em uma frigideira bem quente, peneire a tapioca (camada bem fina) diretamente no recipiente e polvilhe uma colher (de café) de açúcar (mel, agave, ou adoçante). Assim que a tapioca “grudar”, vire e já recheie com a pasta e o queijo branco, em seguida, dobre a tapioca com uma espátula como se fosse um crepe. Deixe aquecer por apenas alguns segundos para não grudar e está pronta.

(Fonte: Maria Luisa Bellotto, especialista em nutrição esportiva, em Campinas – SP/Vanessa Lodi, especialista em nutrição esportiva da Newpace de Corrida – SC)

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!