Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

O que você precisa saber para correr de noite

A maioria das pessoas corre de manhã. Mas acordar, algumas vezes, horas mais cedo para treinar não é para todo mundo. Seja por amor à cama, ou por falta de tempo mesmo. Então o que resta é atacar o asfalto no fim do dia, quando a temperatura pode ser até mais agradável. Mas correr de noite tem regras diferentes do que cedinho e é bom ficar atento a elas. 

Seja visto
Para correr de noite em segurança, é preciso garantir que os motoristas consigam te ver. Isso significa recorrer a peças de roupas e tênis com cores claras e chamativas: branco, amarelo, laranja… de preferência, fluorescentes. A ideia é despertar a atenção de quem está dirigindo perto de você.

Há alguns acessórios que também podem ser utilizados para isso, como coletes com faixas refletivas e luzes para serem acopladas aos tênis.

Se possível, escolha locais iluminados, para facilitar a visualização, e rotas em que outras pessoas também realizam seus treinos. Nestes locais, há maior chance de encontrar motoristas acostumados a dividir a rua com atletas.

Faça um lanche
A rotina no trabalho e o trânsito na volta para casa gastam os estoques de energia feitos pelo seu corpo ao longo do dia. E você precisará deles para correr. Então é importante fazer um lanche no fim da tarde ou no início da noite para conseguir treinar. Aposte em uma mistura de carboidratos de rápida absorção e uma fonte de proteína. Batata doce com frango e sanduíche de queijo branco com pão integral, acompanhado de suco de frutas, são receitas clássicas para este propósito.

“O treino de corrida vai durar entre 45 e 60 minutos. No máximo, 90 minutos. É importante que a pessoa faça a reposição da reserva de glicogênio antes de correr porque no final da tarde a gente geralmente sofre uma queda de energia”, diz o treinador de corrida Eduardo Barbosa.

Pensar no tamanho desta refeição pré-treino também e importante. A ideia é fazer uma reposição energética e não o jantar. Comer demais antes de correr pode causar desconforto durante a atividade. Portanto, lanche para ter a energia necessária para o treino e complemente depois da corrida.

Programe-se
Não deixe para treinar perto do fim do dia ou, muito provavelmente, você terá dificuldades para dormir no horário em que precisa. Durante a corrida, sua corrente sanguínea recebe descargas de diferentes hormônios, como adrenalina, serotonina, noradrenalina e endorfina. Ao mesmo tempo em que essas substâncias dão prazer, deixam seu organismo mais ligado e impedem que você relaxe.

“Na educação física escolar a gente chama esse período que você precisa para relaxar de volta à calma. Mas no dia a dia as pessoas acabam negligenciando um pouco essa necessidade. O organismo está estressado por causa da corrida, as descargas de hormônio são muito altas, e vai precisar de um tempo para diminuir o ritmo em que está trabalhando”, explica o técnico Eduardo Barbosa.

Este tempo necessário para o organismo desacelerar varia de pessoa para pessoa, mas geralmente vai de 30 a 40 minutos. Um banho quente e um chá podem te ajudar a relaxar depois do treino e pegar no sono no horário certo, para que você aproveite sua cama como tem direito.

Não importa o horário em que você escolhe correr, mas sim como. A linha de wearables da Samsung te ajuda a monitorar seus treinos e sua evolução, não importa quando nem onde.

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!