Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Jan Frodeno é tricampeão em Kona e quebra recorde da prova

O alemão Jan Frodeno conquistou o tricampeonato do Campeonato Mundial de Ironman, em Kona, no Havaí. Vencedor também em 2015 e 2016, ele concluiu a prova em 7h51min13s, quebrando o recorde do evento, que era de seu compatriota Patrick Lange desde o ano anterior. Na prova feminina, a também alemã Anne Haug acabou com a hegemonia de Daniela Ryf, vencedora dos últimos quatro anos.

Frodeno esteve sempre entre os primeiros colocados da prova. Ele encerrou os 3,8 km de natação na segunda colocação, fez os 180 km de ciclismo em 4h16min02s e foi o melhor atleta na corrida: completou a maratona em 2h42min43s.

“Apesar de todo o nervosismo e todo o trabalho duro, é uma sensação incrível voltar ao Ironman em grande forma. Honestamente, eu não me importo com o recorde. Depois de andar na maratona nos últimos dois anos, correr abaixo de 4 minutos por km é uma sensação maravilhosa,” comemorou Frodeno.

O segundo colocado do Mundial do Ironman de Kona foi Tim O’Donnell, com 7h59min41s, melhor resultado de um americano nos últimos cinco anos. O alemão Sebastian Kienle terminou na terceira colocação, com tempo total de 8h02min04s.

Patrick Lange, bicampeão (2017 e 2018) e último recordista do Ironman, abandonou a prova durante o ciclismo por conta de uma febre.  Único brasileiro da elite, Frank Silvestrin terminou na 30ª colocação, com 8h37min06s: 50min55s na natação, 4h41min52s no ciclismo e 2h59min04s na maratona.

Leia mais

Histórico! Kipchoge quebra a barreira das 2 horas na maratona em Viena

Queniana Brigid Kosgei quebra recorde mundial da maratona após 16 anos

Pamella Oliveira conquista o tricampeonato no Ironman 70.3 Rio de Janeiro

Haug vence a elite feminina em Kona

Na disputa entre as mulheres, Anne Haug conquistou seu primeiro título no Mundial de Ironman, deixando para trás as favoritas ao troféu. Ela venceu a prova após desempenho brilhante na corrida – fez a maratona em 2h51min07s contra 3ho5min59s da segunda colocada, a britânica Lucy Charles-Barclay.

Haug completou a prova com 8h40min10s, deixando Lucy Charles, uma das favoritas ao título, na segunda posição com 8h46min44s. Na terceira colocação, ficou a australiana Sarah Crowley com 8h48min13s.

A suíça Daniela Ryf, tetracampeã e dona do recorde da prova, foi apenas a 13ª colocada, com 9h14min26s. A brasileira Fernanda Keller, única atleta do mundo a disputar o Mundial de Ironman por 26 anos consecutivos, terminou a prova em 13h19min47s. Suas parciais foram de 1h07min05s na natação, 6h10min35s no ciclismo e 5h51min24s na maratona.

 

 

 

 

Clube O2

Faça parte do Clube O2 e leve uma Mochila de Hidratação!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!