Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Como evitar bolhas e machucados na corrida

Nas provas de triathlon, os pés costumam sofrer bastante na corrida. Logo após a natação, são calçados ainda úmidos nas sapatilhas, o que faz com que sofram mais atrito durante o pedal e cheguem à última etapa da competição ainda mais suscetíveis a traumas. Porém, há alguns cuidados que você pode tomar para evitar que bolhas e outros machucados apareçam e prejudiquem o seu desempenho na corrida. Confira algumas dicas de profissionais e atletas do triathlon.

TÊNIS E MEIAS

O material esportivo tem papel importantíssimo na manutenção de pés saudáveis. Os tênis não devem ter folgas, nem ser apertados. Também é fundamental que sejam específicos para a modalidade e indicados para o seu tipo de pisada — normal, pronada ou supinada. Já as meias têm de ser macias e acolchoadas nas partes de maior pressão dos pés (parte de dentro, de fora, ponta, base de apoio dos dedos e calcanhar). Você ainda pode optar por meias de corrida com compressão graduada, que são mais longas (quase até os joelhos) e facilitam o retorno do sangue, assim como a recuperação, fazendo com que a sensação de cansaço nas pernas seja menor.

SEM MEIAS

O ideal é usar meias sempre. No entanto, para aqueles que preferem correr sem meias, o melhor é usar um tênis justo (mas que não esteja apertado), que não provoque atritos. Faça uma amarração que não crie pontos de pressão sobre a pele e utilize curativos de gel adesivo para ajudar a evitar lesões. Contudo, a umidade que se forma com o suor pode fazer com que haja mais deslizamento dos pés, favorecendo o aparecimento de bolhas e micoses.

 

Leia mais

Treino de marcha pesada: por que fazer?

Pliometria: mais potência no pulo

Como vencer o medo de águas abertas e turvas no triathlon?

 

CUIDADO COM AS UNHAS

Corte suas unhas sempre rentes e retas, nada de curvas nos cantos. Depois, os cantos devem ser lixados para não machucar os dedos vizinhos. Dessa forma, as unhas não encravam e não machucam.

NA PROVA

Para diminuir ainda mais o risco de bolhas e machucados, coloque curativos em gel adesivo nas áreas dos pés que sofrem maior atrito. Além disso, seque os pés o máximo possível assim que sair da natação para iniciar o trecho de ciclismo e não deixe de trocar as meias na transição da bike para a corrida. O uso de talco dentro das meias também ajuda a manter os pés secos por um período de tempo mais prolongado. Para otimizar a sua transição, deixe preparadas as meias secas com uma pequena quantidade de talco no seu interior para cada troca de modalidade.

BOLHA DURANTE A COMPETIÇÃO

Nesse caso, o ideal é deixar a bolha intacta e protegê-la com um curativo em gel adesivo. Se a bolha estourar, na próxima parada, realize uma limpeza rápida com algum antisséptico de fácil aplicação, em seguida aplique o curativo em gel adesivo. O mesmo procedimento de limpeza serve para o caso de cortes e ferimentos.

 

Escrita por Taissa Esteves

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!