Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Alejandro Valverde conquista o Campeonato Mundial de estrada

Foto: Divulgação

O veterano espanhol Alejandro Valverde conquistou mais um importante e inédito título em sua carreira. Neste domingo, ele se sagrou vencedor do Campeonato Mundial de ciclismo de estrada, concluindo a prova de 258 km em Inssbruck, na Áustria, com o tempo de 6h46min41s.

O francês Romain Bardet, o canadense Michael Woods,  que completaram o pódio, e o holandês Tom Dumoulin fecharam a prova com o mesmo tempo do campeão.

Valverde já tinha ficado perto algumas vezes do título do Mundial, vencido pelo eslovaco Peter Sagan nos últimos três anos. O espanhol foi medalha de prata nas edições de 2003 e 2005 da competição e ficou com o bronze em 2006, 2012, 2013 e 2014.

“É incrível! Foram muitos anos de luta até finalmente conseguir. É a melhor conquista da minha carreira. Um sonho”, disse, emocionado, o espanhol, campeão da Vuelta a España em 2009 e dono de quatro vitórias de etapa no Tour de France. Neste ano, Alejandro Valverde foi o quinto colocado da Vuelta.

Veja a reação emocionada de Valverde ao conquistar o título

 

A disputa feminina no Mundial também teve uma campeã inédita. A holandesa Anna van der Breggen, campeã olímpica de estrada, ganhou o direto de usar a camisa de arco-íris, dada ao vencedor da competição, após concluir os 156.2 km, em 4h11min04s. A segunda colocada foi a australiana Amanda Spratt, 3min42s depois da campeã. A terceira,  a italiana Tatiana Guderzo, com 5min26s de desvantagem.

Van der Breggen já tinha outros importantes títulos no currículo. Além da medalha de ouro olímpica, ela conquistou o Giro Rosa e La Course.

Contrarrelógio

As disputas de contrarrelógio em Inssbruck ocorreram durante a semana. Na prva  masculina, Rohan Dennis destronou Tom Dumoulin e garantiu a medalha de ouro inédita. O australiano completou a prova em 1h03min02s57, deixando Dumoulin com a prata, com 1min21s09 de desvantagem, e o belga Victor Campenaerts, com o bronze, 1min21s62 mais lento.

“É um sonho que se tornou realidade, venho perseguindo isso desde que eu era júnior. Eu nunca ganhei em qualquer faixa etária, então ganhar o meu primeiro lugar agora é realmente especial”, disse Dennis.

Na prova feminina, o domínio holandês foi claro. Annemiek van Vleuten venceu com tempo de 34min25s25s. Anna var de Breggen ficou com a prata, com 28s99 de desvantagem, e Ell van Dijk ficou com o bronze, 1min25s19 mais lenta do que a vencedora.

Nas disputas por equipe, a Quick-Step Floors foi a vencedora da disputa masculina e a Cayon-Sram Racing ficou com o ouro na feminina.

 

Leia mais

10 lugares que você deveria conhecer se você é ciclista em São Paulo

Yoga para ciclistas: benefícios e prática

Fizemos um teste de VO2 máximo: para que ele serve?

 

 

 

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!