Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Viena realiza testes para o desafio sub-2h de Kipchoge

Foto: Bob Martin/London Marathon Events

Após a escolha de Viena, capital da Áustria, como sede do desafio Ineos 1:59, a cidade foi palco de um fim de semana de testes no percurso. Sem a presença de Eliud Kipchoge, a organização do evento fez uma espécie de simulação do dia em que o queniano tentará correr a maratona abaixo de 2 horas.

A equipe do Ineos 1:59 realizou testes nas instalações para os atletas, no ritmo dos pacers, no sistema de cronometragem e até na transmissão televisiva. Tudo para que no dia em que Eliud Kipchoge tentar estabelecer a marca histórica, não haja sustos.

Essa será a segunda tentativa do atleta queniano de correr a distância da maratona abaixo de 2 horas, feito nunca alcançado.

A primeira foi no Breaking2, evento idealizado pela Nike com o mesmo objetivo. No Autódromo de Monza, na Itália, Kipchoge ficou a 26 segundos do feito, correndo os 42,195 km em 2h00min25s.

Cerca de 150 pessoas fazem parte do time, desde as equipes que cuidarão da organização, até os pacers que correrão à frente de Kipchoge para marcar o ritmo e quebrar a resistência do vento.

Entre os coelhors estão nomes como o americano Bernard Lagat, o australiano Jack Rayner e Brett Robinson, além do campeão dos Jogos do Commonwealth de 5.000m, Augustine Choge.

Homens correndo atrás de um carro com luzes apontando para onde correm
Divulgação: Bob Martin/ London Marathon Events

“Reunir tantos atletas de classe mundial para um fim de semana de testes foi muito especial. Todos os pacers envolvidos no desafio que vieram a Viena neste fim de semana, e aqueles que não puderam participar, estão muito animados e honrados por fazer parte deste desafio e pela oportunidade de apoiar Eliud em outubro para tentar fazer história”, comentou o gerente de atletas da Global Sports Communication, Valentijn Trouw.

A nova tentativa de Eliud Kipchoge de quebrar a barreira das 2 horas na maratona ocorrerá em um parque de Viena chamado The Prater, em quatro voltas em um circuito de 9,6 km além de 4,3 km de reta. Para que o evento seja feito em condições climáticas perfeitas, há uma janela de realização entre 12 e 20 de outubro.

“Sinto que uma porcentagem tão grande da comunidade global de atletismo é tão positiva quanto ao que estou tentando alcançar e isso é um ótimo sentimento. Minha esperança é que eles possam testemunhar a história sendo feita e que eu possa ajudar a inspirá-los, afirmou Kipchoge.

Também recordista mundial da maratona, o atleta não participou dos testes em Viena. Ele ficou no Quênia, dando prosseguimento a seu treinamento.

“Nesta fase da minha preparação, é importante que o corpo responda positivamente e fico feliz em informar que esse é definitivamente o caso”, disse.

Leia mais

Kipchoge entra em novo projeto para maratona sub-2h

Documentário Breaking2 enfatiza lado humano do feito

Eliud Kipchoge bate recorde mundial na Maratona de Berlim

Clube O2

Faça parte do Clube O2 e leve uma Mochila de Hidratação!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!