Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Maca peruana: benefícios e modo de consumir

Foto: Shutterstock

Se você está ligado no que acontece no mundo da nutrição e da saúde, certamente já ouviu falar da maca peruana, um tubérculo originário da Cordilheira dos Andes e consumido há mais de 2.000 anos.

A maca peruana é uma raiz que se assemelha ao rabanete e que “melhora o trânsito intestinal, os níveis de açúcar no sangue, aumenta a energia e a vitalidade, além de melhorar o foco, o humor e a libido”, explica Marina Gorga, nutricionista pós-graduanda em Nutroendocrinologia.

Para atletas, uma das grandes vantagens de consumir a maca peruana são os nutrientes que ajudam a combater o estresse oxidativo que acontece no nosso organismo durante a atividade física. Assim, pode auxiliar a deixar seu corpo mais resistente a contusões.

“O estresse oxidativo está intimamente ligado à lesão de diversos constituintes celulares, principalmente sobre as membranas celulares. Existem muitos trabalhos científicos sobre a influência dos flavonoides (nutrientes presentes em grande concentração na maca peruana) na redução de creatina quinase (CK – um biomarcador de lesão muscular)”, explica o nutricionista esportivo da Growth Suplementos, Diogo Círico.

Veja 3 benefícios de consumir a maca peruana:

1. Fornece energia, vitalidade e reduz o estresse

A maca peruana possui grande quantidade de compostos bioativos (macaenas, macamidas e fitoesteróis), diferentes tipos de glucosinolatos (GLs) e compostos fenólicos. Estes elementos proporcionam aumento na saúde das células e têm efeito adaptativo frente ao estresse mental.

2. Tem propriedades antioxidantes

Os nutrientes da maca peruana podem exercer proteção para as células de nosso organismo, combatendo os radicais livres. Sua capacidade antioxidante está intimamente ligada à capacidade de regenerar os tecidos musculares de um indivíduo que treina pesado.

“Ela ajuda a melhorar a condição de recuperação dos tecidos musculares após as sessões de treino, funcionando também na prevenção de lesões musculares pelo suporte protetor às células musculares”, diz Círico.

3. Combate a osteoporose

Entre os tubérculos, a maca peruana é um dos que contêm maior concentração de cálcio e fósforo, minerais intimamente ligados à saúde óssea. Estes nutrientes evitam a desmineralização dos ossos, ajudando assim no combate à osteoporose.

 

Leia mais

Spirulina: afinal, o que é e pra que serve?

Cúrcuma: raiz fortalece imunidade e alivia dores musculares

Dicas de nutrição: fitoterápicos na prática esportiva

 

Modo de consumir

A maca peruana pode ser ingerida em extrato seco ou farinha. Como a raiz tem baixa toxicidade, pode ser consumida até 10g por dia. Em extrato seco, até 3g. É recomendável comê-la em horários próximos à atividade física, como as refeições pré e pós-treino.

Clube O2

Escolha já seu Óculos HB!

Compartilhe por email!