Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Os hábitos e alimentos que prejudicam seu sono

Foto: Sutterstock

Fator indispensável para todas as pessoas, principalmente para atletas, uma noite bem dormida não pode ser deixada de lado. Durante o sono, o corpo faz uma espécie de “faxina”, reequilibrando funções, produção de hormônios e a atividade cerebral. Por isso, além das horas de repouso, é preciso ter cuidado com o que você come, pois há uma infinidade de alimentos que tiram o sono — e hábitos. 

 

Leia mais

Rituais pré-prova: fique calmo antes da corrida

Eletroestimulação de corpo inteiro promete diminuir tempo na corrida

Eliud Kipchoge bate recorde mundial na Maratona de Berlim

 

Quais são e os alimentos que tiram o sono?

Giovanna Oliveira, nutricionista da clínica Maria Fernanda Barca e a neurologista Aline Turbino listam os hábitos e alimentos que tiram o sono. 

Bebidas com propriedades estimulantes

Café, chimarrão, chocolate e alguns tipos de chás como mate, chá verde, chá preto e refrigerantes de cola ou de guaraná possuem cafeína e xantina, dois componentes que ativam o estado de alerta do sistema nervoso central. Prefira consumi-los durante o dia, apenas. 

Beber muita água antes de ir para a cama

Embora a água não tenha nenhum componente que tire o sono, beber muito líquido antes de dormir pode atrapalhar seu descanso. Acordar várias vezes para ir ao banheiro prejudica o ciclo de repouso, “picotando” o seu sono. Um copo de água antes de ser deitar já é o suficiente — e priorize a hidratação ao longo do dia. 

Dietas restritivas

Esse tipo de dieta pode não fornecer a ingestão adequada de nutrientes importantes para a produção de serotonina, que por sua vez, precisa se converter em melatonina, hormônio do sono.

Para que essa rota metabólica aconteça, é necessária uma alimentação balanceada que forneça quantidades adequadas de nutrientes como triptofano, ácido fólico, piridoxina, cobalamina, niacina e ômega-3.

Dietas com restrição de carboidratos

O triptofano, hormônio que ajuda a regular o sono e melhorar a memória, precisa de carboidratos para ser metabolizado. Se não houver quantidade satisfatória do nutriente, não haverá a produção adequada de triptofano. Aposte em uma alimentação balanceada e cuidado com a escolha das fontes de carboidratos — bolos, doces, massas, balas, chocolate e pães próximo à hora de dormir têm efeito estimulante e podem causar uma brusca oscilação da glicemia.

Bebidas alcoólicas

Ao contrário do que se pensa, não produz um sono de qualidade. O álcool é um depressor do sistema nervoso central, por isso pegamos no sono rapidamente depois de exagerar a dose. Passado um tempo, por se tratar de uma substância tóxica, o corpo tenta eliminar a substância. Sem falar que as bebidas alcoólicas causam desidratam o organismo — eis o motivo de ir várias vezes ao banheiro depois que você bebe, mesmo durante a noite de sono. Se for sair para uma noitada ou happy hour, não deixe de beber água entre o intervalo da ingestão de álcool. 

Alimentos ricos em gordura

Além de não serem indicados para quem treina e pratica esportes, alimentos como lanches, fast food, pizzas e outros alimentos ricos em gordura precisam de mais tempo para serem digeridos, o que pode causar desconforto e demora para pegar no sono.

 

*Fontes: Dra. Giovanna Oliveira (CRN-SP 38649), nutricionista da Clínica Dra. Maria Fernanda Barca; Dra. Aline Turbino (CRM-SP:128.847), neurologista e membro da Sociedade Brasileira de Neurologia. 

Clube O2

Economize ainda mais com o Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!