Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Própolis: o que é, como usar e quais os benefícios

Foto: Shutterstock

O própolis é mistura de pólen, cera e resinas vegetais que as abelhas coletam por meio das enzimas salivares. Muitas vezes usado na forma de extrato, ele atua como antibiótico natural, tem nutrientes que ajudam a melhorar a imunidade do organismo, antioxidantes e função antifúngica.

Benefícios do própolis

Um dos principais benefícios do própolis e outros alimentos imunomoduladores (cúrcuma e glutamina, por exemplo) é atuar contra o processo de inflamação do organismo. Ele também é antioxidante. Ou seja, suas vitaminas e minerais vão auxiliar no processo de limpeza dos nossos sistemas.

“O própolis é um dos melhores, se não o melhor, alimentos imunomoduladores. Também tem ação antifúngica e antibactericida. Ele ajuda a evitar e tratar dermatites, urticárias e fungos, nas unhas ou na pele, como o suor com odor muito forte (fungo). Em todos esses casos ele ajuda bastante”, explica Mariana Regadas, nutricionista funcional e esportiva.

 

Leia mais

Pólen: energia extra (e bola da vez!)

4 receitas para aumentar a imunidade no inverno

Fitoterápicos são aliados dos corredores

 

Tosse, dor de garganta, gastrite, intoxicação alimentar e aftas são alguns exemplos de problemas que o consumo de própolis pode ajudar a resolver. Os flavonoides presentes nele também ajudam a impedir a proliferação de bactérias e vírus.

Alguns estudos com o própolis já comprovam os efeitos anti-inflamatórios que estimulam a imunidade celular e incentivam a atividade de destruição de corpos estranhos. Os flavonoides também ajudam a eliminar do corpo os radicais livres em excesso e aumentam a produção de células de defesa do corpo.

Ajuda no sono

Uma função do própolis – para muitos desconhecida – é a regulação do sono, especialmente para quem pratica atividades físicas no período noturno, ou tem grande variação de horários de rotina, fatores que influenciam no ciclo circadiano.

“Quem treina à noite altera o ciclo circadiano hormonal e isso piora o padrão do sono. Algumas pessoas sentem mais, outras menos. Quando o própolis é usado à noite, ele estimula a melatonina e, além de agir como imunomodulador, regula o sono”, explica Mariana Regadas.

Uma boa receita, segundo ela, para dormir mais rápido é preparar um chá de mulungu, adicionar dez gotas de própolis e beber antes de deitar. 

Como usar o própolis

O própolis pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e farmácias em diversas formas. As mais comuns são cápsulas, tintura, balas ou extrato, que é a versão mais concentrada do produto.

Assim como o mel, pode ter variações na composição química, propriedades biológicas, cor e odor, muito por causa das diferentes regiões em que é produzido .

“Na forma de extrato de própolis existem dois tipos, o aquoso e o alcoolico. O aquoso é menos concentrado que o alcoolico. Se formos pensar em princípios ativos , o alcoolico, ou o verde, é melhor. Mas o aquoso é melhor para crianças e pessoas com problemas no fígado, por exemplo”, indica a nutricionista. 

Para cicatrização de feridas ou acne e espinhas, aplique uma ou duas gotas do extrato sob o local. Para dores de garganta, adicione quatro ou cinco gotas de extrato de própolis em uma xícara de água e use para fazer um gargarejo. 

Contra-indicações

O própolis, especialmente na forma bruta, é uma substância com muito açúcar, portanto torna-se mais perigoso para diabéticos ou pessoas com propensão para desenvolver a doença. Há também o risco de alergia, manifestada com inchaço, vermelhidão, coceira ou urticária na pele.

Antes de usar, pingue duas gotas do extrato na pele e espere por 30 minutos para ver se surge algum incômodo. A forma bruta também pode manchar os dentes – daí a preferência pelo extrato de própolis.

Receita matinal

Muita gente já aderiu à água com limão de manhã. Experimente adicionar o própolis à receita para turbinar ainda mais os benefícios. Além dele, a glutamina também pode entrar no preparo.

Esprema meio limão em um copo, com água morna, pingue algumas gotas de própolis e beba em jejum. Espere, de preferência 30 minutos, para tomar o café da manhã..

“É um shot de saúde. Ação antioxidante, detox e imunomoduladora, também por causa da vitamina C do limão. Essa receita diminui a ação dos radicais livres e ajuda no equilíbrio ácido-base também, principalmente no intestino,em que neutraliza o meio ácido e deixa o PH mais neutro”, explica a nutricionista. 

 

 

 

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!